New here? Register. ×
×

Niterói culpa vizinhos pelo caos no trânsito

Escrito por Luiz Antonio Mello às 08:31 do dia 30 de março de 2019
Sobre: (I)mobilidade urbana
30mar

A prefeitura de Niterói vai proibir que carros de aplicativos (Uber e 99) de outros municípios trabalhem na cidade. Mais: também serão proibidos de circular veículos com mais de cinco anos de idade. As autoridades alegam que os carros de São Gonçalo, Maricá, Itaboraí, Rio, Baixada, etc, invadem a cidade provocando problemas no trânsito, ou seja, a culpa do caos no trânsito, segundo as autoridades, é dos vizinhos.

A Uber considera as regras como um retrocesso, por “contrariar direitos constitucionais de escolha”. Disse, ainda, que menos motoristas vão atuar na cidade e a queda no número de carros disponíveis pode gerar espera maior – com aumento de preços – ou até ausência de veículos em alguns horários. Para a 99 as novas medidas farão que os passageiros voltem a usar o próprio carro e vão encarecer as viagens.

Os motoristas de São Gonçalo, Maricá e Itaboraí dependem dos passageiros de Niterói para sobreviver, apesar da maioria não ter a menor ideia do que seja a cidade onde perambulam totalmente perdidos. Além disso, trouxeram hábitos como fechar cruzamentos, furar sinais, invadir ciclofaixas, parar em qualquer lugar, ligar o alerta e dane-se. Os guardas poderiam agir multando, mas a pergunta é “que guardas?”. Sumiram. Pelo menos da zona sul. E quando aparecem preferem controlar o trânsito falando no celular (haja talento!) ou brincando no Facebook e whatsapp, como todos estamos cansados de ver.

Resta saber se a prefeitura vai contratar videntes e profetas para fiscalizar porque o governo federal mexeu nas placas do Mercosul, vulgarmente chamada de “azuis”, e retirou os brasões dos estados e municípios da placa.

Ou seja, não se sabe mais de onde os carros são pois só o nome do Brasil aparece. Por exemplo, para multar um carro de São Gonçalo será preciso perguntar ao motorista de onde ele é ou consultar os videntes para fazer adivinhação.

O golpe da placa azul nasceu no final de 2018, quando o governo DilmaTemer já estava fechando a persiana para embarcar em sua viagem rumo ao lixo da história. Gente do baixo clero do governo resolveu inventar um jeito de chupar mais uns cascalhos na saideira e lembrou que o Brasil pertence ao Mercosul (o popular “Banquete dos Mendigos”) e que o Mercosul tem placas de carro diferentes, e que placas dão dinheiro. Então, “troquem todas!”, ordenaram os barnabés.

As primeiras placas tinham brasões do estado e do município onde a vítima emplacou, como se todo mundo soubesse de cor como são esses símbolos. Acuado e medroso, o povo discretamente chiou porque ficaram caras, mais de R$ 200.00 reais, e alguém do esquema disse que estava pegando mal. O que fizeram? Arrancaram os brasões e a facada caiu para R$ 198,00, menos dois reais, aproveitando que o brasileiro é cordial, pacato, bonzinho.

OK, R$ 198,00, não é nada, não é nada, não é nada mesmo. Só que, a olho nu, ninguém sabe de que estado e cidade pertencem os carros. Creio que para garfar Uber e 99 de fora da cidade com essas placas a prefeitura vai ter que se virar.

Fora isso, o presidente Bolsonaro disse (e não foi no twitter) que quer acabar com essas placas e até agora, quinta-feira dia 28/03/2019, 13 horas, não voltou atrás. Ele acha uma “despesa desnecessária”, mas não se sabe até agora qual vai ser o fim da novela. O golpe da placa azul continua valendo.

                                      @@@

### Convite aos leitores. Ouça “Zarabatanas” e, por favor, opine. É só clicar aqui:https://soundcloud.com/user-810093288

### Impressionante a quantidade e alta periculosidade dos bandidos que a pólícia tem prendido na Região Oceânica. Narcotraficantes barra pesadíssimas.

### Saí por aí, a pé, terça-feira as 21 horas. Ninguém em Icaraí, São Francisco, Ingá. Deserto. Parecia estado de sítio. Com o comando da cidade nas garras do crime organizado o pânico virou lei.

### Dando certo a decisão da prefeitura de Bogotá, Colômbia, que há um ano proibiu garupas em motos que, como aqui, são responsáveis por muitos crimes. Queda de 17% nos crimes. Por que o governador não pensa em atitude parecida?

### Em Icaraí, acabou a modinha dos donos de cachorro levarem sacos plásticos para colocar o cocô dos pets e depois jogar no lixo. As calçadas estão cheias de armadilhas.

### O site da Câmara dos Vereadores foi invadido por um hacker que disse se chamar “D4RKR0N, quarta-feira, as 22 horas. Segundo O Fluminense ele deixou uma mensagem deixar uma mensagem para a classe política: “Enquanto houver guerra tanto de um lado quanto do outro […] vai acontecer isso aí mesmo. […] sangue em cima de político […] ”, diz trecho da mensagem. O site voltou a funcionar normalmente na noite de quinta-feira (28).

Sharing is caring

Luiz Antonio Mello
Luiz Antonio Mello
Jornalista, radialista e escritor, fundador da rádio Fluminense FM (A Maldita). Trabalhou na Rádio e no Jornal do Brasil, no Pasquim, Movimento, Estadão e O Fluminense, além das rádios Manchete e Band News. É consultor e produtor da Rádio Cult FM. Profissional eclético e autor de vários livros sobre a história do rádio e do rock and roll.
|

8 thoughts on “Niterói culpa vizinhos pelo caos no trânsito

  1. Nao se ver mas os agente da Niteroi presente na ruas agora ele agora ficam escondido ou parados na placa sao joao usando o wifi da prefeitura rs so esperando a horas

  2. Fora as ruas de Icaraí cheias de pedintes se drogando dia e noite, vc não pode se quer entrar no banco Prq eles já então na pirta…. Já tivemos dias melhores! Vc foi uma decepção

  3. Prefeito toma vergonha nessa cara. O que está acabando com Niterói não e o aplicativo da Uber e sim os carros q estão usando duas pistas p estacionamento com permissão da prefeitura Prq quando passou a ser cobrado os estacionamentos dos carros a prefeitura autorizou q duas faixas fossem ultiluzadas e daí fez essa grande merda aqui em Icaraí…. Quero ver o carro maior do bombeiro entrar nessas ruas estreitas e com carros estacionados em duas faixas…. Se respeite! Pfvr

  4. Não sei de quem foi a idéia dessa nova placa, mas cheira a mais uma artimanha para tirar dinheiro do contribuinte, sem que haja retorno ou propriedade na medida. É o mesmo caso dos quites de sobrevivência nos carros e a mudança do padrão das tomadas elétricas, tornadas obrigatórias nos governos PTistas, que só serviram para tirar dinheiro do povo e tornar mais rentoso o lucro das empresas fornecedoras desses “pindurucalhos”.
    Desisti de utilizar a Uber, depois de notar as várias vezes que não fui atendido porque o motorista não conseguiu chegar no meu endereço no centro de Icaraí. Os que conseguiram, se diziam de fora de Niterói e principalmente de São Gonçalo. De nada valia seus aplicativos de GPS. Eram motoristas inexperientes e desconhecedores das vias em Niterói.

  5. Quinta feira última por volta das /15 horas solicitei os serviços da Uber destino Barra da Tijuca não consegui os motoristas de Niterói alegam que a volta nesse horário e cpmplicada então comi será amanhã ??

    E
    E

  6. Concordo plenamente com a atitude do prefeito, de limitar os carros de fora pelo aplicativo, embora outras problemas existem. Por exemplo, ruas estreitas, excesso de prédios, poucas garagens públicas, etc.

  7. Prezado Gilson,
    Parabéns pela excelente coluna.
    Gostaria de receber sua coluna por e.mail, caso haja essa possibiludade.
    Desde já, grato.
    Elyzio Falcato.

  8. Já que esta discussão envolve mais de um município do eixo leste fluminense.para quem não se lembra o Conleste foi discutido e deliberado nas Conferências das Cidades para resolver problema de infraestrutura que envolve o eixo leste fluminense e mobilidade urbana é um problema de infraestrutura.Eu não digo isto por acaso já que participei desta Conferência das Cidades justamente com ambientalistas e urbanista tais como o companheiro Vinício Messina Ambientalista,Valverde,Adir Mota e outros Urbanista .

    Que me desculpem mais acredito que esta discussão deveria se discutida dentro do consorcio de Desenvolvimento do eixo leste [Conleste],onde o seu presidente é o chefe do poder executivo de Niterói o prefeito senhor Rodrigo Neves.
    Tião Cidadão.
    controle social.
    Niterói 30/03/2019.08:58 min

Comments are closed.

Menu