New here? Register. ×
×

Niterói Beatle Week fará a sua melhor edição ano que vem

Escrito por Luiz Antonio Mello às 08:02 do dia 27 de fevereiro de 2021
Sobre: Revolução cultural
  • Niterói Beatle Week
27fev

Niterói Beatle WeekOs músicos e empresários Rodrigo Bessa e Jéssica Abreu (foto) já estão trabalhando duro no projeto da Niterói Beatle Week do ano que vem, que vai ser muito maior e melhor do que a primeira, que foi um sucesso total de público e crítica.

Beatle Week é o maior evento mundial sobre The Beatles, um projeto que pertence ao Cavern Club, em Liverpool, Inglaterra, onde John, George, Ringo e Paul  se apresentaram pela primeira vez em 1961 e fizeram shows até 1963, em um total de 292. Foi lá que Brian Epstein conheceu a banda se tornando empresário.

Graças a sua credibilidade, talento, seriedade e reconhecida competência em produção cultural, os niteroienses Rodrigo e Jéssica se tornaram os únicos representantes oficiais da Beatle Week no Brasil.

Em 2019 a Niterói Beatle Week fez uma revolução aqui na cidade. Depois da inauguração do MAC (1996) e da restauração do Teatro Municipal (1995), a Niterói Beatle Week foi considerada a maior e melhor ação cultural aqui na região, que poderia ter tido um enorme impacto no setor turístico caso o setor fosse mais eficiente.

Nas ruas, milhares de niteroienses e turistas de todo o país assistiram a shows, palestras, debates, exposições, tudo sobre Beatles, espalhados pela cidade, com direito a um mega show no alto do Parque da Cidade com cover oficial de John Lennon, o músico Clark Gilmour que fez uma réplica do lendário Rooftop Concert, aquele show que a banda deu no telhado da gravadora EMI em Londres. O show foi transmitido pela internet e foram tantos acessos de todo o mundo que os servidores não estavam superando a demanda de expectadores.

Estava tudo pronto para o embarque de músicos de Niterói para a Beatle Week na Rússia, ano passado. Rodrigo e Jéssica incluíram bandas da cidade no seleto grupo de covers dos Beatles que iriam tocar no festival em várias cidades russas mas a pandemia de Covid 19 chegou e obrigou que a festa fosse feita pela internet. Mais: haveria uma nova Niterói Beatle Week por volta de julho do ano passado, muito mais turbinada com a presença de Julia Lennon (irmã do cara) e outros nomes importantes. Estavam negociando a vinda de Dhani Harrison , filho de George e começaram as conversas para uma exposição de Yoko Ono no MAC.

No entanto, os diretores da Niterói Beatle Week estão incansáveis na luta para convencer Yoko Ono a expor aqui. Ela adora a arquitetura de Oscar Niemeyer, gosta do Brasil, conhece a Coleção Satanimi no MAC, já esteve em Brasília em 1998 onde inaugurou uma exposição. Na época, disse que “nessa exposição, Ex-It, quero que sintam o espírito de resistência. O destino pode nos matar e isso aconteceu tantas vezes. Mas não pode matar nosso espírito. Nós crescemos além dos nossos caixões, como árvores”, afirma Yoko.

Quem deu o sinal verde final para a vinda de Yoko ao Brasil foi seu amigo David Bowie, que esteve no MAC um ano antes (ele fez um último show no Rio). A viúva de John Lennon só não ainda não expôs no nosso MAC por causa da sua agenda que já estava comprometida. Rodrigo e Jéssica vão insistir porque vale à pena.

A volta da Niterói Beatle Week em 2022 será um novo marco para cidade, que respira música. A expectativa é que venha o dobro de turistas que aprovaram com louvor a N.B.W.

Em frente!

Sharing is caring

Luiz Antonio Mello
Luiz Antonio Mello
Jornalista, radialista e escritor, fundador da rádio Fluminense FM (A Maldita). Trabalhou na Rádio e no Jornal do Brasil, no Pasquim, Movimento, Estadão e O Fluminense, além das rádios Manchete e Band News. É consultor e produtor da Rádio Cult FM. Profissional eclético e autor de vários livros sobre a história do rádio e do rock and roll.
|

2 thoughts on “Niterói Beatle Week fará a sua melhor edição ano que vem

Comments are closed.