New here? Register. ×
×

IPTU e royalties transbordam no cofre de Niterói, onde chuva para a cidade

Escrito por Gilson Monteiro às 11:04 do dia 11 de fevereiro de 2020
Sobre: Prejuízos
11fev
Carro enguiçado pelas chuvas na entrada de Itacoatiara, na Região Oceânica

Carro enguiçado pelas chuvas na entrada de Itacoatiara, na Região Oceânica

É difícil mensurar os prejuízos causados pelas chuvas, pelo descaso, incompetência e falta de vontade da atual administração de ter um serviço eficiente para limpar e desobstruir constantemente os rios, córregos e bueiros em toda a cidade. Pedir o planejamento de um novo sistema de drenagem e de coleta de lixo feita por dutos subterrâneos, como existe em Barcelona, seria muito.

O resultado, é que com qualquer chuva a cidade para. Não precisa ser temporal como o de segunda-feira (10/02). Basta o tal índice pluviométrico ser um pouco mais elevado que o trânsito fica caótico. O niteroiense, apesar de pagar um dos mais altos IPTUs do país, fica ilhado. Ao mesmo tempo vê os petrodólares que o município recebe serem gastos em marketing do prefeito Rodrigo Neves.

Em Itacoatiara, que a Prefeitura trata como área nobre para cobrar o IPTU nas alturas, seus moradores, como os de outros bairros menos famosos, ficam impedidos de sair ou entrar em suas casas nos dias de chuva. Um rio mal canalizado na entrada do bairro transborda e interdita o bairro.

Na noite de segunda (10/02) um morador que, por necessidade, precisava sair de Itacoatiara, teve seu BMW 2016 afogado por uma onda que um ônibus vindo em sentido contrário formou. A água cobriu o motor, enguiçando o carro. O motorista ficou até a madrugada à espera de reboque, pois as ruas alagadas em Niterói causaram maior demanda ao serviço de socorro.

Isso tem acontecido com frequência na entrada de Itacoatiara. Motoristas se arriscam a passar pelo bolsão, pensando que o nível da água dá passagem para veículos baixos. O prejuízo tem sido grande.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

2 thoughts on “IPTU e royalties transbordam no cofre de Niterói, onde chuva para a cidade

  1. Esse é o prefeito de “obras de fachada” e. de interesses políticos pessoais. O Niteroiense tem que aprender a votar certo. Cheeeegaaaaa dessa “esquerda maldita” que corrói os direitos do cidadão de bem! Que usa ao “bel prazer” o dinheiro público como quer é bem entende. 😡

  2. É só chover um pouco mais que o trânsito em Niterói para devido a enchentes nas ruas da cidade, nosso sistema de escoamento de águas pluviais é muito antigo, precisamos de um Prefeito que tenha coragem de trocá- lo, pois de que adianta ter 500 milhões em Caixa se a Saúde e a Infra- estrutura não funcionam❣

Comments are closed.

Menu