New here? Register. ×
×

TJRJ reduz atendimento presencial à metade para se prevenir da ômicron

Escrito por Gilson Monteiro às 11:44 do dia 11 de janeiro de 2022
Sobre: Variante culpada
  • TJRJ reduz atendimento presencial
11jan
Atendimento presencial reduzido, a partir desta terça-feira (11) nos fóruns do TJRJ

A partir desta terça-feira (11/01), o atendimento e as atividades nas serventias do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ) serão prestadas presencialmente por, no máximo, 50% do quadro de pessoal cada unidade judiciária ou administrativa. A decisão foi publicada hoje no Diário da Justiça Eletrônico. O Ato Executivo nº 06/2022, assinado pelo presidente do TJ, desembargador Henrique Figueira, considera “o recrudescimento de infecções no cenário da pandemia de Covid-19 em todo o país em razão da variante ômicron do novo coronavírus”. 

Segundo a assessoria de imprensa do TJ, “a medida considerou a natureza essencial da atividade jurisdicional e a necessidade de se assegurar condições mínimas para sua continuidade, respeitados os protocolos de segurança sanitária, visando a preservação da saúde dos serventuários, agentes públicos, advogados e usuários em geral nas dependências do TJRJ”. Também observou um parecer do Departamento de Saúde do TJRJ (Desau), recomendando a redução do efetivo no trabalho presencial.  

Cada unidade do TJ funcionará com, no mínimo, um servidor presente, devendo os demais atuarem em regime obrigatório de trabalho remoto (home office).  

O Ato Executivo mantém as medidas de protocolo sanitário estabelecidas pelo TJRJ, em especial o uso de máscaras de proteção facial e manutenção de distanciamento mínimo a fim de se evitar aglomeração. O horário de atendimento ao público será das 11h às 18h.   

Também ficam mantidas as exigências para ingresso nas dependências do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro, na forma estabelecida no art. 4º do Ato Normativo Conjunto TJ/ 2VP/ CGJ nº 05/ 2021. Desta forma, o ingresso nas dependências do Poder Judiciário do Estado do Rio de Janeiro será permitido a todas as pessoas, desde que: usem máscara facial, apresentem comprovante de vacinação (completa ou com segunda dose ainda a ser aplicada), ou teste PCR negativo, com prazo de 24 (vinte e quatro) horas.  

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *