New here? Register. ×
×

Cidades turísticas barram entrada de visitantes durante feriadão de dez dias

Escrito por Gilson Monteiro às 11:05 do dia 25 de março de 2021
Sobre: Toque de recolher
  • Marina em Angra dos Reis
25mar

Marina em Angra dos ReisCidades da Região dos Lagos, Serrana e Costa Verde já anunciaram que, a partir desta sexta-feira (25/03), adotarão barreiras sanitárias para impedir o acesso às suas praias e pontos turísticos. As medidas se estenderão por todo o feriadão criado pelo governo do Estado do Rio, que vai até o Domingo de Páscoa (04/04). Maricá, Saquarema, Cabo Frio e Búzios vão restringir a entrada de turistas e não moradores.

Niterói e muitas outras cidades praianas não poderão mais permitir nem o banho de mar. O governador em exercício, Claudio Castro, decretou, ontem à noite, o fechamento total das as praias do Estado do Rio de Janeiro. Em outra lei, a que criou o feriadão de dez dias, está previsto que, “em havendo conflito de normas estaduais e municipais, prevalecerá aquela em que haja a imposição de medidas mais restritivas”.

Em Angra dos Reis as marinas públicas e particulares vão ficar fechadas. Será proibida a circulação de embarcações de passeio durante o feriadão. O decreto estadual permite o funcionamento das marinas, mas como o município resolveu fechá-las no feriadão, valerá a medidas mais restritiva. Em Búzios, barcos de passeio poderão circular, mas apenas com metade da lotação. Na Região Serrana as barreiras sanitárias vão procurar reduzir o acesso de pessoas de fora àqueles municípios.

Búzios

O balneário da Região dos Lagos mais procurado nos feriadões, só vai permitir a entrada de quem tenha feito reservas em hotéis e imóveis alugados, além dos próprios moradores e prestadores de serviço. Festas, shows e eventos permanecem proibidos em Búzios. Passeios de escunas, catamarãs, barco táxis e outras embarcações apenas com 50% de sua lotação.

Angra dos Reis

A Prefeitura de Angra dos Reis decidiu proibir o funcionamento e uso das marinas públicas e privadas por embarcações de recreio, durante o feriadão que, nesta cidade, se estenderá até o dia 5/4 (feriado municipal). Decreto proíbe, ainda, o aluguel de casas para temporada. O toque de recolher vai das 23h às 5h e a venda de bebidas alcoólicas está proibida das 21h às 6h. O acesso de turistas provenientes de Mangaratiba por via marítima está vedado. Eventos em áreas públicas e particulares e atividades esportivas, bem como está vetado o funcionamento de boates, casas noturnas e congêneres.

Cabo Frio

Barreiras sanitárias já funcionam em Cabo Frio desde o dia 20. Permitem a entrada de visitantes com reserva em hospedagem e moradores da cidade. A partir de hoje (25), as praias ficarão fechadas para todos, turistas e residentes no balneário.

Saquarema

A Prefeitura de Saquarema proíbe, desde ontem (24), o acesso às praias, praças e outros espaços públicos de lazer no município. Barreiras sanitárias nas entradas da cidade só permitem a passagem de moradores e visitantes que comprovem a hospedagem.

Maricá

A partir de amanhã (26), oito barreiras sanitárias vão bloquear o ingresso de turistas e não moradores às praias e a Cachoeira do Espraiado, em Maricá. Estarão instaladas em Ponta Negra (próximo ao acesso a Jaconé); Bambuí (na Avenida Antônio Callado); Serra do Lagarto; Ubatiba (junto ao módulo de segurança); Barra de Maricá (rotatória de Zacarias); e em três pontos de Itaipuaçu (rotatória da Avenida Gilberto Carvalho, Estrada dos Cajueiros e Recanto).

No Espraiado e na praia da Sacristia (também em Ponta Negra) não haverá essas barreiras, mas o acesso de frequentadores mesmo a pé não será permitido. Também foi proibida a permanência em praias, lagoas, praças e parques. A cidade adotou o toque de recolher, proibindo a permanência de indivíduos nas vias, áreas e praças públicas entre 23h e 5h.

Petrópolis

A cidade imperial da região serrana anunciou reforço nas barreiras sanitárias, limitando a entrada de turistas e visitantes, e determinou o fechamento dos pontos turísticos públicos e privados. Somente moradores e turistas com comprovante de reserva de hospedagem poderão entrar na cidade. O acesso de visitantes com voucher para compras nos polos têxteis está autorizado. A Rua Teresa e o distrito de Itaipava passaram a funcionar em horários distintos, para evitar a aglomeração. As medidas valem até sexta-feira (26). Outras medidas poderão ser anunciadas ao longo dessa semana.

Teresópolis

O município serrano já havia adotado revezamento de moradores nas ruas, conforme o número final do CPF. Segundo a prefeitura, na segunda-feira (22), a cidade registrou o melhor índice de isolamento social dos últimos oito meses (58,9%). Teresópolis também conta com barreiras sanitárias. Turistas devem respeitar a regra do CPF para efetuar reservas. Outra medida adotada é que a rede hoteleira só pode atuar com 50% da capacidade. O aluguel de imóveis por meio de aplicativo foi suspenso.

Nova Friburgo

A cidade vai instalar, pela primeira vez na pandemia, barreiras sanitárias nas estradas de acesso ao município. Além desse bloqueio, outras medidas mais restritivas para conter o fluxo de turistas e a disseminação do vírus na região também devem ser adotadas. A prefeitura ainda não informou quais serão os critérios adotados nas barreiras.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Cidades turísticas barram entrada de visitantes durante feriadão de dez dias

  1. Deus tenha misericórdia de seu povo. Será que vai melhorar com as medidas tomadas esperamos que sim,só vejo o povo sem emprego. Passando fome. Triste 😢

Comments are closed.