New here? Register. ×
×

Valão retrata o abandono da cidade pela prefeitura de Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 15:03 do dia 5 de junho de 2024
Sobre: Grelha perigosa
  • Grelha afundada pode causar acidentes no Ingá, em Niterói
05jun
Grelha de valão afundada e com ferragens pontudas pode causar acidentes a motoristas e pedestres no Ingá

Um valão na esquina da Rua Nilo Peçanha 39, no Ingá, está com a sua grelha metálica amassada e com partes pontiagudas ameaçando rasgar pneus dos carros que precisam acessar a Rua Dr Almir Guimarães. Moradores dizem que a situação retrata o abandono da cidade pela prefeitura de Niterói. Eles têm feito insistentes pedidos de providências, mas estão sem resposta.

O valão de cerca de 60 cm de largura corta de ponta a ponta a esquina da Almir Guimarães. Esta é uma rua estreita, endereço de seis edifícios, uma vila residencial e mais três casas. Serve, ainda, de acesso aos fundos do Museu do Ingá, que há mais de um ano está em obras.

Segundo os moradores da Almir Guimarães, caminhões e carretas pesadas, carregadas de material para a obra do museu, vêm destruindo, cada vez mais, a grade que recobre o valão. Hoje a grelha está arrebentada em vários pontos, com buracos onde pedestres desatentos podem cair. A grade do valão desnivelada dificulta a passagem de veículos de passeio e com sua ferragem corroída pode vir a rasgar pneus.

Leia também: Árvores do Museu do Ingá não escapam da motosserra

O valão foi aberto há mais de dez anos para escoar para a praia das Flechas a água da chuva que corre na Rua Nilo Peçanha. No entanto, perdeu a serventia, pois tendo sido coberta por uma grelha de ferro presa com solda não recebe limpeza da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser).

É só chover um pouco mais para a Nilo Peçanha e outras ruas do Ingá, como a Presidente Pedreira, virarem um rio, inundando casas e lojas. Em fevereiro de 2023, quando caminhões da obra do museu começaram a destruir com seu peso a cobertura do valão, a Seconser fez um remendo na grelha, soldando sobre a grade afundada uma nova placa metálica, mas esta já está deformada também.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

9 thoughts on “Valão retrata o abandono da cidade pela prefeitura de Niterói

  1. Há uns 3 anos aproximadamente, fizeram uma obra na Paulo Alves com a promessa que não teríamos mais alagamento. Hoje com qualquer chuvinha o bairro fica intransitável, como as ruas Pereira Nunes, Pres. Pedreira, Nilo Peçanha e a própria Paulo Alves. Um bairro às margens da praia, por onde poderia escoar toda água chuva, já que os bueiros, além de entupidos devem ter sido construídos no século passado, evidencia o descaso da Prefeitura e a incompetência de seus técnicos para solucionar esse problema.

    1. Niterói está abandonada!As eleições estão chegando e o niteroiense ainda não percebeu que a cidade quer mudança.É um povo alienado ou gosta de sofrer com o descaso dos governantes?

      1. Olha, pessoal, vocês precisam ver o estado das CALÇADAS DO BAIRRO de SANTA ROSA, nas proximidades da RUA PRINCIPAL, a chamada RUA SANTA ROSA — mesmo tendo ciência de que a conservação DESSAS MESMAS seja de competência de cada proprietário do imóvel!!!

        No entanto, o que chama atenção, é a consequência do abandono da fiscalização qto à condição das ÁRVORES, na RUA dr. SARDINHA, que apesar de terem sido algumas podadas e UMA outra, com o CAULE ENVERGADO, NA IMINÊNCIA DE CAIR EM CIMA DA CALÇADA, ESTA EM EVIDÊNCIA de caimento — TEVE TRONCO CORTADO!! Prezados amigos e caro colunista, a consequência assim dessa árvore DEIXADA NESSA CONDIÇÃO foi: — na direção desta, em frente ao n° 15, da dr. Sardinha, SIMPLESMENTE ACONTECEU UM.ROMBO NA CALÇADA, por causa da SEVERA INCLINAÇÃO DE ANOS.

        NÃO IMAGINAM VCS, como se anda NESSE TAL LADO desta calçada, primeiro quarteirão, À DIREITA DE QUEM VAI EM DIREÇÃO À PRINCIPAL, a chamada RUA SANTA ROSA, com ESSE IMENSO BURACO ABERTO!!

        E O.IPTU DOS PRÉDIOS, agora, a maioria NOVOS E OS DEMAIS — CARÍSSIMO!! E o que se cabe falar dos BUEIROS nessa região e na RUA PROF. OTACÍLIO, absurdo, NUNCA ABERTOS, NUNCA VARRIDOS OU LIMPOS!!
        É UM VERDADEIRO DESCASO COM OS PEDESTRES dessa proximidade!! Gente, quem entra na Prof. Otacílio, pela Vereador Duque Estrada, à DIREITA da CALÇADA, se depara com o BREU, com.a ESCURIDÃO ENCONTRADA LÁ ENCONTRADA, bem ao lado do BAR- RESTAURANTE PAULANER, na ESQUINA!!

        Gente, quem vai ENXERGAR AS NECESSIDADES DOS BAIRROS DE NITERÓI, que estão ABANDONADOS??QUEM, gente??

  2. Cansei de colocar os problemas aqui em relação a essa gestão. Não adianta está tudo armado para o próximo mandato. Nada vai mudar estamos dando soco em ponta de faca. A própria população aceita isso e só ver as pesquisas vai continuar a mesma coisa.

  3. Niteroi esta realmente abandonada.
    É campeã em bueiro buraco.
    O negócio sao grandes obras que .aparecem e envolve altos valores.
    Cuidar da cidade nao dá muito trabalho.
    Veja a rua Roberto Rowley Mendes na Boa Viagem só buraco!!!!

  4. Só o prefeito e seus cinquenta (ou mais) secretários não sabem que Niterói está abandonado. O que sabem é mentir para a população sobre os problemas ou inventar soluções que não existem. É triste.

    1. A subida da rua araújo pimenta, esquina com a rua são Sebastião, também no ingá, tem trilhos de trem usados como grelha para cobrir um buraco que recebe a água que desce da rua Araújo pimenta. Só tem um detalhe, é impossível aos pedestres transitarem por cima, pois é extremamente perigoso, então somos obrigados a andar pelo meio da rua! Além de tudo, não tem calçada, pois o desnível da rua para a calçada tem um degrau de cerca de 1 metro, ou seja, a situação só piora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *