New here? Register. ×
×

Tamoio é confirmado como patrimônio público e cultural de São Gonçalo

Escrito por Gilson Monteiro às 09:42 do dia 26 de março de 2021
Sobre: Tombado
26mar

Tamoio Futebol ClubeO Tamoio Futebol Clube, tradicional agremiação de São Gonçalo, foi confirmado como patrimônio público e cultural do município da região metropolitana do Estado pelos desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Rio. Em sessão realizada nesta semana, os magistrados reconheceram a constitucionalidade do projeto de lei 704/2017 aprovado pela Câmara de Vereadores de São Gonçalo, no ano em que o clube, fundado em 1917, comemorou seu centenário.

Depois de ser palco de concursos de fantasias de luxo e originalidade disputados por Clovis Bornay, Wilza Carla e Evandro Castro Lima, entre outros, o Tamoio passou as últimas décadas longe dos holofotes. Além de participar da abertura oficial do carnaval carioca, nos anos 60, 70 e 80, o clube disputou campeonatos fluminenses de futebol. O time gonçalense viveu dia de glória quando empatou por 3×3 com o Flamengo, em 1949. Apesar de, no ano seguinte, ter levado uma goleada de 9 x 0 do time rubro-negro, o feito anterior é lembrado até hoje.

Há cerca de 50 anos, o Tamoio construiu moderno parque aquático, até hoje bastante frequentado pelos associados. Nos últimos anos, virou palco de shows de música popular, lotando seu ginásio. Em 2017, quando completava cem anos, a Câmara Municipal aprovou o tombamento do clube. A Lei teve sua constitucionalidade questionada pela Procuradoria Geral do Estado. O órgão queria revogar a decisão. Argumentava que o tombamento somente poderia ser feito por lei de iniciativa da prefeitura. A lei foi sancionada pelo então prefeito de São Gonçalo, José Luiz Nanci, no dia 3 de agosto de 2017.

Em decisão unânime, os magistrados acompanharam o voto do relator, desembargador Claudio Brandão de Oliveira, que negou o recurso da Procuradoria Geral do Estado.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *