New here? Register. ×
×

Sentar num banco de praça é arriscado no Campo de São Bento

Escrito por Gilson Monteiro às 09:39 do dia 12 de dezembro de 2019
Sobre: Abandono total
  • Banco quebrado no Campo de São Bento
12dez

Muito se critica a maneira petista de governar de Rodrigo Neves, com muito marketing, bastante shows nas praias e agora a cidade iluminada para o Natal. Uma maneira de esconder as ruas cheias de lixo, as calçadas desniveladas, as ruas esburacas, as praças completamente abandonadas, com bancos aos pedaços, grades enferrujadas e brinquedos pondo em risco as crianças.

Esta semana, uma figura e querida da cidade mandou um WathsApp para a Coluna relatando o susto que tomou ao se espatifar no chão, depois de sentar-se num banco do Campo de São Bento.

A seguir, o relato da vítima, que por telefone disse que pretende voltar ao Campo assim que se recuperar. Mas vai levar sua cadeira de casa, para não correr o risco de outra queda.

“Ao tentar sentar em um banco (aparentemente, em bom estado e seguro) no Campo de São Bento, sábado passado, me “esborrachei” no chão. Eu e ele, o banco. Felizmente, não bati com a cabeça em nada mais duro do que ela. Caso contrário, não estaria aqui contando história.

Deitado em uma área sem grama (isso é o que mais se vê no Jardim), não via uma “alma viva” para me socorrer. A noite, foram realizados normalmente os festejos de Natal, promovidos pela prefeitura de Niterói. E o banco continuava no mesmo local.”

Realmente, a iluminação natalina está bonita, mas o único parque verde da cidade está muito malcuidado. Sofre ainda mais com a realização de eventos gastronômicos, que destroem o pouco que resta dos jardins do Campo de São Bento.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Sentar num banco de praça é arriscado no Campo de São Bento

  1. Caro a amigo Gilson, meu objetivo ao contribuir para que esse “malfadado tombo” fosse divulgado em sua excelente Coluna foi alertar a autoridade municipal para o perigo que os frequentadores do Campo correm, por causa da irresponsabilidade de alguns secretários municipais que preferem esconder os problemas com “ações de maquiagem”. Não obstante os esforços, em sentido contrário, dos administradores do parque (um deles, o Guilherme me deu cobertura após a queda), e dos operários da empresa contratada para fazer a conservação da área. Para que se tenha ideia do que afirmo, ainda existem bancos novos mal fixados no chão, bem em frente a “Fábrica de Brinquedos do Papai Noel”, destinada exclusivamente às crianças. E, ontem, fotografei usuários de drogas deitados entre os brinquedos da tal “fábrica “. Frequento, quase que diariamente, o Campo de São Bento, porque ele me trás boas lembranças, dentre elas a criação do meu filho (hoje, com 41 anos) nas áreas verdes que existiam no mais importante jardim público de Niterói (que me perdoem os outros jardins).

Comments are closed.