New here? Register. ×
×

Prainha de Itacoatiara é só areia, depois da ressaca do mar na última semana

Escrito por Gilson Monteiro às 15:54 do dia 26 de abril de 2021
Sobre: Assoreada
  • prainha de Itacoatiara
26abr

prainha de ItacoatiaraA prainha de Itacoatiara, único recanto onde as crianças são protegidas das ondas que podem atingir mais de 3 metros de altura, como neste mês de ressacas do mar, está desaparecendo. O corretor de imóveis Vagner Lopes, morador antigo do bairro preferido pelos surfistas que fazem point no Costão, no outro canto da praia, atribui o assoreamento da prainha a uma obra da prefeitura de Niterói.

– Há alguns anos, a prefeitura canalizou as águas que escorrem do Morro das Andorinhas para a prainha. Como ali não há renovação de areia, porque ela é fechada, com a maré alta e ondas de três metros, a prainha acabou – diz Vagner Lopes.

O morador acredita que para evitar o assoreamento da prainha de Itacoatiara, a prefeitura deveria dirigir a água que desce o morro para o praião, porque lá tem renovação de areia.

– Há quatro anos falo isso. Tem correspondência minha para Meio Ambiente, Serla, Feema, Inea (órgãos ambientais) e ninguém toma providência nenhuma – se queixa Vagner Lopes

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

5 thoughts on “Prainha de Itacoatiara é só areia, depois da ressaca do mar na última semana

  1. A prefeitura não dá a mínima para o povo. Colocam políticos incapazes em cargos que são técnicos. Assim quem perde é o povo, sem ter a quem reclamar.

  2. Criei meus filhos em Itacoatiara, minha neta mais velha adora a Prainha, que não frequentamos mais, por causa do esgoto que escorre do Pampo Clube e das residências no alto da pedra. É nojento e uma tristeza enorme.

Comments are closed.