New here? Register. ×
×

Praças ainda fechadas em Niterói prejudicam saúde de crianças e idosos

Escrito por Gilson Monteiro às 13:37 do dia 17 de setembro de 2020
Sobre: Sol quadrado
  • praças fechadas
17set

praças fechadasA praça é do povo, como o céu é do condor, já dizia o grande poeta Castro Alves. Mas em Niterói importantes espaços públicos de lazer continuam fechados por determinação do prefeito Rodrigo Neves (decreto n° 13.507/2020). Vizinhos de praças como a Nilo Peçanha, na Boa Viagem, e Getúlio Vargas, em Icaraí, reclamam que crianças, idosos e cadeirantes estão sem onde tomar sol. Como os pátios dos condomínios também estão fechados por decreto estadual (n° 46.973/2020), a população vulnerável acaba ficando presa em casa.

As praças fechadas causariam mais prejuízos à saúde, pois impedem o banho de sol daqueles que mais necessitam de vitamina D.

A prefeitura diz que seu comitê científico avalia que a reabertura somente será possível quando os indicadores de contágio do Covid-19 baixarem para o nível Amarelo 1.

Difícil de entender é por que espaços abertos seriam mais sujeitos a transmissibilidade do Covid 19 do que o transporte público, por exemplo, onde trabalhadores precisam viajar aglomerados.

As pessoas barradas no portão das praças acreditam que dá menos trabalho à prefeitura mantê-las fechadas do que ter guardas municipais exigindo uso de máscaras e proibindo aglomerações.

Aliás, esses agentes têm como atribuição principal a de guardiões dos próprios públicos municipais. E não a de multar motoristas ou apreender mercadorias de camelôs.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu