New here? Register. ×
×

Postos de saúde não estão vacinando contra a Covid-19 em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 07:31 do dia 21 de janeiro de 2021
Sobre: Secretário vacinado
  • rodrigo oliveira toma vacina contra Covid em Niterói
21jan
rodrigo oliveira toma vacina contra Covid em Niterói

Secretário municipal de Saúde toma a primeira dose da CoronaVac em Niterói

Passado o “oba, oba!” do início da vacinação, com prefeitos procurando ficar bem na foto ao lado dos primeiros vacinados, chega a hora do “epa, epa!”. A vacina contra a Covid-19 não está disponível nos postos de saúde. Em Niterói, existem apenas 11.620 doses para a primeira etapa da vacinação. Rodrigo Oliveira,  secretário de Saúde do município, usou a prerrogativa de “médico que trabalha na linha de frente do combate à Covid” e recebeu ontem (20/11) sua primeira dose da vacina, em frente à câmeras de televisão em evento realizado no Hospital Oceânico.

Até o início da manhã desta quinta-feira (21/01), somente 944 profissionais de saúde que atendem pacientes infectados pelo coronavírus e 40 idosos residentes em asilos e casas de repouso receberam a primeira dose. O reparte de CoronaVac recebido do governo do Estado, segundo estimativa da prefeitura, não chega para imunizar mais do que 60% do público-alvo dessa primeira fase.

Um pneumologista que trata de pacientes com síndrome respiratória aguda escreveu para a Coluna dizendo ter ido ao posto de saúde do Engenho do Mato, na Região Oceânica.  “Lá me informaram não saberem nada sobre a chegada da vacina, nem quando irão iniciar a vacinação. Mas no jornal Bom Dia Rio vimos o prefeito (Axel Grael) e o secretário de Saúde (Rodrigo Oliveira) dizerem que estavam iniciando a vacinação”.

Além da falta de vacina, que o país inteiro não tem em quantidade suficiente para imunizar a população, falta também comunicação. Ansiosas pelo dia D e pela hora H do ministro Eduardo Pazuello, as pessoas acabam sendo desinformadas pelo “oba, oba” de prefeitos e governadores preocupados em faturar com o marketing político. Aí surge o “epa, epa!” com a surpresa, espanto e contrariedade da população quando o capitão do barco agarra a primeira boia e pula na água.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

5 thoughts on “Postos de saúde não estão vacinando contra a Covid-19 em Niterói

  1. Triste realidade da falta de empatia com os próprios colegas que estão há mais de 1 ano, na linha de frente, sem descanso. Atitude de um Brasil perdido nos apadrinhamentos históricos, que precisam acabar. O “pula fila”, é o próprio crime de “falsidade ideologica”, pois existe um plano de vacinação nacional. Lástima!!!!!

  2. Politico é tudo igual. O que aconteceu no Amazonas, os candidatos as presidências da câmara e do senado, etc. mostram para nós quem são eles. Já está no DNA. Esperem as promessas que virão para a próxima eleição. E o povo, gado marcado, aplaude. É muita falta de caráter .

  3. Sou médico,74 anos,obeso,hipertenso,diabético, doente renal crônico e com sequelas pulmonares do período de fumante inveterados.Vi um anuncio da prefeitura dizendo que médicos que não atuam na linha de frente seriam vacinados nas Unidades Básicas,apenas mostrando a sua carteira de médico.
    Liguei para uma unidade e fui informado que não há previsão de vacinação e que a unidade vai receber as vacinas em número suficiente para vacinar os funcionários que estão trabalhando (os afastados por idade,etc.,não estão incluídos) e que se sobrar alguma dose, terá que ser devolvida.

  4. Ao contrário de darem o exemplo e sederem para quem de fato precisa , estão correndo para se vacinarem…
    ” Quando a farinha é pouca , meu pirão primeiro”

    1. Os Médicos de Niteroi continuaram trabalhando durante a pandemia, mas permanecem sem nenhuma informação da Prefeitura de Niterói sobre quando ocorrerá a vacinação desta categoria.

      São médicos com mais de 60 anos que atendem em Hospitais e consultórios particulares e de convênios , e por não serem funcionários públicos e nem estarem na linha de frente exclusiva dos hospitais , atendem pacientes com Covid que chegam aos seus consultórios , muitos antes mesmo de serem encaminhados para os hospitais.

      Estes não foram contemplados, mas continuam se expondo sem nenhum reconhecimento.
      Quando a Prefeitura irá informar as datas reais e incluir esta categoria na sua lista de vacinação?

Comments are closed.