New here? Register. ×
×

Pesquisa da UFF aponta queda nas vendas de ambulantes em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 17:06 do dia 2 de setembro de 2020
Sobre: Economia informal
  • pesquisa-ambulantes
02set

pesquisa-ambulantesNove em cada dez vendedores ambulantes de Niterói tiveram queda no faturamento em agosto (90%), primeiro mês de reabertura das atividades desde o início da pandemia de Covid-19. A pesquisa é do Projeto UFF nas Ruas com a Associação Assistencial dos Comerciantes Ambulantes (Acanit), feita nas ruas do Centro e de Icaraí.

O objetivo do levantamento é mostrar o ritmo da economia informal do município a cada mês.  As oscilações da atividade comercial informal agora pesquisadas poderão, segundo o pesquisador da UFF Thiago José, “dar suporte a projetos e ações extensionistas, sobretudo diante da crescente relevância da informalidade na renda das famílias.

Com os dados coletados será possível traçar o perfil do comércio ambulante, quem são, quantas pessoas estão diretamente impactadas e quanto essa atividade econômica movimenta na cidade.

O UFF Nas Ruas é um projeto de extensão organizado a partir do Departamento de Segurança Pública (DSP) do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (InEAC).

A equipe do projeto tem caráter interdisciplinar e é formada por professores, estudantes de pós-graduação e extensionistas graduandos, oriundos de diversos cursos da Universidade Federal Fluminense (UFF), e realiza ações interdisciplinares, interdepartamentais e interinstitucionais de vivência social, política e profissional com os integrantes discentes do projeto.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

2 thoughts on “Pesquisa da UFF aponta queda nas vendas de ambulantes em Niterói

  1. A tudo se pretende dar um arcabouço intelectual.
    Ja fui convidado a assitir uma “live” onde se discutiria a relevância e o impacto das medidas sanitárias sobre as atividades dos pequenos e microempresários. 4 intelectuais e nenhum empresário…..(?????)
    O assunto foi o sexo dos anjos da informalidade!

  2. Aprecio muito as reportagens do Gilson. Ao que eu saiba ele é associado honorário do Rotary Club de Niterói Norte do qual sou Presidente e estamos fazendo reuniões e lives pelo ZOOM é Instagram. Convido o Gilson a participar.

Comments are closed.

Menu