New here? Register. ×
×

Obra mal feita causa acidente fatal

Escrito por Gilson Monteiro às 11:14 do dia 11 de julho de 2016
Sobre: TransOceânica
11jul

Um jovem trabalhador, Carlos Augusto da Silva, de 28 anos, pai de três filhos, é a primeira vítima de acidente fatal de trânsito na inacabada Transoceânica. Ele tinha saído do trabalho e seguia em sua moto para casa, quando na Avenida Paulo de Mello Kale, no Cafubá, próximo à igreja de São José, foi derrubado pelo carro placa LVD-4200, dirigido por outro jovem, o estudante Paulo Vitor, de 22 anos, que cruzava a pista por onde deverá passar os ônibus BHLS.

O motociclista morreu a caminho do Hospital Azevedo Lima, mas a perícia policial levou mais de oito horas para liberar o local do acidente que aconteceu por volta do meio-dia de sábado (09/07).

Moradores disseram que esse acidente não será o único, pois a prefeitura de Niterói abriu no meio da semana passada aquela pista da Paulo de Mello Kale, mas sem concluir a obra e sem colocar nenhuma sinalização para os motoristas.

O presidente do Conselho Comunitário da Região Oceânica (CCRON), Gonzalo Peres, disse que como as ruas estão sendo abertas sem sinalização, sem redutores nem limites de velocidade, outros acidentes vão ocorrer pelo menos até a conclusão das obras.

Gonzalo diz ainda que a Prefeitura deveria ter feito um planejamento adequado antes de dar início à quebradeira geral, que está trazendo prejuízo para comerciantes e transtornos para os moradores.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

17 thoughts on “Obra mal feita causa acidente fatal

  1. Os que votam nesse Prefeito, O Rodrigo Neves, são mais gananciosos que ele, pois de alguma forma estão se beneficiando com o esquema criado por ele empregando mais do que o necessário para garantir os votos de reeleição!
    Espero, pelo bem dos que não compactuam com essa vergonha declarada que não aconteçam mais acidentes como esse!

  2. o mais incrivel e ver.todos esses.comentarios corretamente contra tudo que esse panaca tem feito e ainda sim ele estar no 2 turno. Pq que eu saiba a unica atitude com.maior visibilidade e essa porcaria de obra. O resto de niteroi continua largado as traças!

  3. O Sr Rodrigo Neves não apenas executa mal as obras, paga mal também. Tira dinheiro de Planos de Cargos e Salários de servidores (não paga progressão funcional, gratificação adicional de tempo de serviço) e com o que deixa de pagar concede benesses a cargos comissionados e outros. Tem Secretarias como a de Segurança Pública ou Guarda Municipal que inventam até gratificações para agradar servidores, não que mereçam, mas e os outros? Tem Secretarias Municipais que servidores que recebem menos que um salário. Lamentável, se os moradores de Niterói votarem certo, RN não volta, sei que é difícil falar de política, que o quadro é ruim, mas RN com toda certeza não merece o voto de Niterói.

  4. E vcs viram onde colocaram a faixa de pedestres? Não tem como passar de bicicletas, carrinhos de criança, cadeirantes, idosos e etc!
    Passando a pé, temos q passar por cima daqueles meio fios, q separam as pistas do BRT. Ali mesmo onde aconteceu o acidente!

  5. lembrando a todos que a via onde foi liberado pela prefeitura é a via que irá trafegar os ônibus do BRT, então, conclui-se que não deveria está sendo usada com essa finalidade, já que a via para carro, moto e outros veículos é a lateral, na qual não está sendo usada.
    De todo modo, já se torna uma irregularidade da prefeitura ter liberado essa via para os veículos trafegarem, visto que, a sua finalidade não é bem essa.
    Isso só reforça a culpa da prefeitura sobre o acidente, pois a via não devia ter sido liberado.

  6. Esta obra gera prejuízo acidente e transtorno a todos que moram, trabalham e transitam pela região, pois a falta de sinalização e Fiscalização gera acidente, a questão da velocidade, já vi diversos motoristas de carros trafegarem em velocidade superior ao recomendado, por não existir qualquer fiscalização, não se pode isentar de culpa quem tinha o dever de controlar e fiscalizar, a prefeitura tem sim, culpa sobre os acidentes gerados por essa obra desnecessária, já que tantas ruas não possui asfalto ou pavimentação, sem deixar de mencionar o confusão que estamos enfrentando todos os dias, devido a essa obra.

  7. Meu carro teve o parabrisa quebrado devido a quantidade de pedras que ficam na pista. Entrei em contato com a unidade da prefeitura na região oceanica e depois de vários jogos de empurra descobri que tem uma empresa paga para minimizar e arcar com os danos causados pela obra, mas essa empresa nao serve para nada recebe mensalmente o valor do seu contrato e nada faz conclusão meu pedido de ressarcimento ainda nao tem resposta e tenho certeza que nem vai ter. Cade essa empresa no caso desse acidente que deveria ter previsto os riscos desse cruzamento?

  8. a via NÃO esta SINALIZADA, NÃO deveria ser aberta SEM ser sinalizada…mas a eleição esta chegando, ele quer inaugurar a obra como fez com o GETULINHO, aberto de FACHADA, TUDO NO TEATRO pra ver se consegue votos, pois na PESQUISA TELEFÔNICA dele ele já VIU que vai LEVAR FUMO!!!!

  9. Realmente os motoristas estão se noção. ..eu tenho visto a velocidade dos carros nessas vias…a rótula do cafuba tinha uma placa de preferencia para a rotatória que nunca foi respeitada eu mesma já escapei de um acidente por causa desse descaso ou falta de conhecimento das placas e leis de trânsito …Esta complicado andar a pé ou motorizado no meu bairro que tanto amava…sim amava.

  10. Pelo que sei a prefeitura vive de impostos. quanto mais lojas comerciais mais vendas e consequentemente maior arrecadação de impostos. Esse comentário é para contrapor a obra Transoceânica onde se privilegiam o BRT ocupando 2 faixas de rolamento e as 3 restantes foram transformadas em duas bem estreitas e uma imensa calçada sem estacionamento para as lojas que falem por falta de vendas. Fiscalização das obras não existem, A programação de execução é a pior possível, interrompe-se o trânsito, inverte-se mãos de direção e a execução é a concretagem de um trecho para o BRT enquanto a pavimentação em asfalto para o transito existente fica para quando terminar a concretagem, e o pior, fazem as travessias com o pior produto onde esburacam com o passar dos ônibus e carros ficando dessa forma até o término do trecho.
    Deixo uma pergunta: Porque o início do BRT é no largo junto aos Bombeiros, no meio do nada, porquê não mais adiante para atender Itaquatiara ou mais um pouco até no largo de Itaipu atendendo também aquele bairro e Itaipuaçú. e porque o término nos catamarãs em Charitas onde o custo da travessia para o Rio de Janeiro custa R$ 15,00 por trajeto sabendo-se que o BRT é um transporte de massa e a massa da Região Oceânica atravessam pelas barcas comuns com custo de um terço dos catamarãs.

  11. quem passava pelo local viu que o motociclista estava em altissima velocidade…o acidente nada tem a ver com sinalizaçao ou obra mal acabada, isso tem a ver com educaçao no transito !!! ….agora tudo eh motivo pra criticar as obras… o cara do carro tava saindo da rua da churrascaria, e o cara da moto em alta velocidade bateu no carro….uma via sem sinalizaçao significa que pode-se infringir todas as leis de transito entao?? seguindo a logica do presidente do CCRON, pode sim neh ?! realmente, esse nao será o unico acidente nessa via, pois motoristas mal educados, estao aos milhares nas ruas, sao motoristas comuns, taxistas, motoristas de onibus, pedestres entao, nem se fala, nossa regiao esteve abandonada por muitos anos, porém, o povo precisa ter paciencia, e respeitar o proximo!!! a regiao ta mudando, e pra melhor, sou morador do Cafubá a 29 anos!! abrçs

      1. nao amigo, eu nao estava la, eu tava em casa dormindo, ai sonhei com esse acidente, ai resolvi vir aqui e comentar qlqer coisa, pra chamar atençao, igual a vc… ¬¬ se eu comentei, eh pq eu vi…

  12. Mas uma coisa é certa: a morte no trânsito, em quaisquer circunstâncias, é consequência de imprudência, imperícia ou negligência, ou da combinação de duas ou das três.

  13. Isto é muito pouco, tenho acompanhado e documentado, as obras de infraestruturas, especificamente as de Macrodrenagem, e o que temos é algo INACREDITÁVEL, ERROS que justificam a má fiscalização e das Empreiteiras, que vão botam em risco Vidas Humanas, patologias que deveriam ser levadas ao Ministério Publico, uma vez que foram apresentadas ao Vice Prefeito Axel Grael, pelo corpo técnico da superintendência de Engenharia da UFF, e nada se fez ou se faz. Att.

Comments are closed.

Menu