New here? Register. ×
×

Novo ministro do STF pode sair de Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 10:39 do dia 26 de setembro de 2020
Sobre: Mestre do Direito
  • William Douglas
26set

William DouglasPode sair de Niterói, o novo ministro do Supremo Tribunal Federal na vaga de Celso de Mello, que vai antecipar em outubro sua aposentadoria compulsória, aos 75 anos. O juiz cotado para o STF é William Douglas Resinente dos Santos, titular da 4a Vara Federal de Niterói. Possui embasado currículo jurídico, é mestre e pós-graduado em Direito, autor de diversas obras nas áreas Jurídica, Educação, Desenvolvimento Pessoal e Cristianismo.

Já exerceu advocacia, foi mestre de Direito Processual Civil na Universidade Federal Fluminense e professor em cursos preparatórios e de pós graduação. Membro de bancas de concursos tem mais de 50 livros publicados, sendo mais de 1,2 milhão de exemplares vendidos.

Aluno por toda vida de escola pública, fez o jardim no Alberto de Oliveira, no Centro, primário no Manoel de Abreu, no Jardim Icaraí, secundário no Aurelino Leal, no Ingá e Direito na Faculdade da UFF, o juiz federal William Douglas conseguiu 10 bolsas integrais para as turmas do procurado curso do ITA/IME, cujas provas estão sendo realizadas esta semana.

É também do decano da Justiça Federal do Estado do Rio e Espírito Santo, titular da 4 Vara de Niterói, a decisão judicial que garantiu a gratuidade do Enem.

William atua com inclusão social há mais de 20 anos, em especial com educação para pobres, carentes e recuperação de moradores de ruas.

Passou no concurso para delegado de polícia e defensor público, em primeiro lugar, colocação também no de juiz de Direito, mas optou pela Justiça Federal.

Autor do livro “Como passar em provas e concursos”, é best-seller no Brasil, com dois livros publicados nos Estados Unidos, três na Nigéria e Portugal, além de toda a América Latina.

O seu trabalho na 4a Vara Federal de Niterói lhe garantiu vários prêmios por produtividade e já foi estudado em uma tese de doutorado apresentada em São Paulo. Além da criação do método de trabalho está incluída entre as melhores práticas do CNJ e do prêmio Inovare.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

6 thoughts on “Novo ministro do STF pode sair de Niterói

  1. Vai ficar na saudade! A vaga do Celso de Mello é do Kassio Nunes, até agora. E na próxima vaga, o André Mendonça está na frente. Mas, tudo é possível!

  2. Terrível que infunde ou causa terror; assustador, contra o qual não se pode lutar; invencível.
    Semelhantes: Horripilante, amedrontador, apavorante, arrepiante, assombroso.

    Desejo que quem seja escolhido, seja alguém que não acompanhe tudo que este governo terrível realiza , como na Pandemia, nas queimadas do Pantanal e na Amazônia, na administração pública e em tudo que tenta ou intervém.

  3. Trata-se de um juiz terrivelmente evangélico, o que não desmerece a sua pessoa. Mas, a julgar pelo que estamos assistindo no país, coisa boa não vem pela frente. Porque nesses tempos do bolsonarismo catastrófico a religião passou a ser um atributo?

Comments are closed.

Menu