New here? Register. ×
×

Novembro Azul: Prevenção do câncer de próstata fica só na garganta em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 14:54 do dia 12 de novembro de 2020
Sobre: Faltam urologistas
  • câncer de próstata
12nov

câncer de próstataNiterói previne de boca o câncer de próstata. Além de lives em redes sociais, distribuição de lacinhos azuis e do MAC iluminado de azul, pouco mais acontece. Nas policlínicas da Secretaria Municipal de Saúde faltam urologistas. Exame de ultrassonografia apenas uma delas faz.

A Policlínica de Itaipu tem um urologista no estafe, mas por ele ser idoso e do grupo de risco para o Covid-19 não está trabalhando. No Vital Brazil, igualmente sem urologista, há mais de cem pacientes em fila de espera aguardando encaminhamento para o Hospital Universitário Antonio Pedro.

Em Piratininga não tem médico da especialidade, assim como na policlínica do Barreto. No Fonseca tem um urologista que atende às quintas-feiras. O mesmo acontece no Largo da Batalha, também às quintas e em ambas a fila de espera dura meses.

A policlínica da Engenhoca é a única a fazer ultrassonografia, mas o atendimento é seletivo. Só aceita pacientes do único urologista que ali trabalha, ou que tenham pedidos encaminhados pelos Médico de Família da Coronel Leôncio, Nova Brasília e Vila Ipiranga.

Prevenção só de boca

Segundo o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), Niterói tem 18 leitos cirúrgicos e cinco clínicos para atender pelo SUS casos de nefrologia e urologia. O número desses atendimentos em rede pública registrado em outubro totalizou três casos ambulatoriais sob a rubrica “atenção em urologia”, em todas as redes públicas existentes na cidade.

Para marcar a sua maneira o mês da prevenção do câncer de próstata, a Secretaria de Saúde de Niterói programou a distribuição de lacinhos de fita azul e de preservativos. Além do mutirão de ultrassonografia exclusivo para moradores da Engenhoca e adjacências, outras policlínicas vão gastar saliva em lives pelas redes sociais.

A do Fonseca marcou para o dia 18/11, das 15h às 16h30m, uma live com os urologistas Emanuel Carvalho, da Policlínica Regional da Engenhoca (PRE), e Helder Machado, criador há 18 anos do Serviço Municipal de Urologia do Hospital Orêncio de Freitas (HOF). Vão falar sobre “Verdades e Mitos sobre a Sexualidade Masculina – Câncer de Próstata e Disfunção Erétil”.

Quem quiser saber mais, levanta o dedo e pergunta para os doutores. Talvez alguém consiga explicar como prevenir a doença sem exames ambulatoriais e de imagem. O câncer de próstata é a segunda principal causa de morte por câncer em homens; a primeira é de pulmão. A cada 41 homens, pelo menos um morrerá de câncer de próstata.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu