New here? Register. ×
×

Niterói recebe mais doses, mas vacina está longe de imunizar todos os idosos

Escrito por Gilberto Fontes às 11:54 do dia 10 de fevereiro de 2021
Sobre: Pinga-pinga
  • Niterói recebe mais doses
10fev

A vacinação de idosos acima de 88 anos deverá ser retomada na quinta-feira (11/02) em Niterói. A prefeitura recebeu 5.670 doses de CoronaVac do governo do Estado, insuficientes para imunizar contra a Covid os mais de 118 mil idosos residentes no município. Também estão sem calendário para a segunda dose os profissionais de saúde com mais de 60 anos, vacinados na primeira fase.

(Atualização às 17h30) Somente no fim da tarde desta quarta-feira,  o prefeito Axel Grael anunciou pela página da prefeitura no Facebook, a ampliação dos quatro postos de vacinação para seis (veja lista abaixo). Ao lado do reitor Antonio Claudio, anunciou também o funcionamento de um drive thru de imunização no campus da UFF, no Gragoatá. A quantidade de doses de vacina, porém, continua pouca para imunizar os idosos acima de 88 anos. A estimativa é a de que estes somem mais de 10 mil pessoas.

Nesta quarta-feira (10/02) está sendo aplicada a segunda dose nos profissionais de saúde que atuam na chamada linha de frente e idosos em Instituições de Longa Permanência que já receberam a primeira dose da  CoronoVac. As vacinas serão aplicadas nos locais de trabalho e nas casas acolhimento.

A prefeitura adverte em seu site que as 11.620 doses em estoque, reservadas para a segunda fase de vacinação de trabalhadores de Saúde da linha de frente), “não irão para os postos de vacinação”. Com isso, deixa de fora profissionais de saúde maiores de 60 anos que já receberam a primeira dose. Estes faziam parte de uma lista divulgada no início da campanha. A relação incluía psicólogos, fonoaudiólogos, professores de educação física, veterinários etc.

Na última segunda-feira (08/02) a vacinação de maiores de 88 anos foi interrompida pela manhã. A vacina acabou nos quatro postos instalados na cidade. Até aquele dia, segundo a Secretaria de Saúde de Niterói, tinham recebido a primeira dose do imunizante 20.325 pessoas. Deste número, 16.149 são profissionais de saúde, 679 Idosos institucionalizados, 76 deficientes institucionalizados, 223 trabalhadores de Instituições de Longa Permanência e apenas 3.198 idosos.

Niterói tem 23 por cento de idosos

Dentre os municípios da Região Metropolitana, Niterói é o que concentra maior número de pessoas acima de 60 anos. Segundo estimativas do Ministério da Saúde, baseadas em projeções feitas pelo IBGE para 2020, a chamada terceira idade ocupa uma faixa de 23% da população niteroiense.

Dentre os 118.249 niteroienses maiores de 60 anos, o menor contingente deles está formado por 14.813 pessoas com idades entre 75 a 79 anos.

A distribuição etária da população idosa, segundo o Ministério da Saúde, é a seguinte: faixa de 60 a 64 anos, 32.493 indivíduos; 65 a 69, 27.772; 70 a 74, 21.676; 75 a 79, 14.813; e acima de 80 anos, 21.495.

Só falta mesmo é a vacina chegar, seja de onde for. E que esta pandemia sirva de alerta para que o país invista mais em Ciência e Tecnologia.

Confira os endereços dos locais de vacinação para maiores de 88 anos:

Drive thru no campus da UFF, no Gragoatá;

Policlínica Dr. Carlos Antônio da Silva – Rua Jansen de Mello s/nº, São Lourenço;

Policlínica Dr. Sérgio Arouca, Praça Vital Brazil s/nº – Santa Rosa;

Policlínica de Itaipu – Est. Engenho do Mato s/nº, Itaipu;

Policlínica do Barreto, Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto;

Policlínica de Piratininga, Rua Dr Marcolino Gomes Candau, 111;
 
Policlínica do Fonseca, Rua Desembargador Lima Castro, 238.

A vacinação dos idosos acamados a partir de 88 anos pode ser agendada pelo e-mail covid19.acamadosniteroi@gmail.com, que deve informar nome completo, sexo, data de nascimento, CPF, endereço, condição de saúde e telefone para contato.

Sharing is caring

Gilberto Fontes
Gilberto Fontes
Repórter do cotidiano iniciou na Tribuna da Imprensa, depois atuou nos jornais O Dia, O Fluminense (onde foi chefe de reportagem e editor), Jornal do Brasil e O Globo (como editor da Rio e dos Jornais de Bairro). É autor do livro “50 anos de vida – Uma história de amor” (sobre a Pestalozzi), além de editar livros de outros autores da cidade.
|

4 thoughts on “Niterói recebe mais doses, mas vacina está longe de imunizar todos os idosos

  1. Se a eficácia da vacina entre a 1a e 2a dose é de 14 a 28 dias, como o posto do Barreto marcou para os idosos a partir de 90 anos voltarem no fim de abril para tomar a 2a dose da vacina?

  2. Tudo isso ocorrendo e esse prefeito atual no maior mudismo, aparentemente alheio à necessidade de um mínimo de informação oficial de sua parte para a população que nele votou. Belo “gestor” esse camarada.
    Agora aguentem 04 anos.

  3. Gostaria de saber que critério é esse de se vacinar profissionais de educação Física, psicólogos, fonoaudiólogos, em detrimento aos maiores necessitados que são os idosos!!

Comments are closed.