New here? Register. ×
×

Niterói muda Dia das Mães para julho. Lojistas não veem como evitar prejuízos

Escrito por Gilson Monteiro às 13:51 do dia 7 de maio de 2020
Sobre: Coronacrise
  • Lojas fechadas no shopping Icaraí
07maio

Lojas fechadas no shopping IcaraíO Dia das Mães, criado em 1932 por decreto do presidente Getúlio Vargas para ser celebrado no segundo domingo de maio, este ano vai ter que esperar mais dois meses em Niterói, conforme lei sancionada pelo prefeito Rodrigo Neves. A Câmara de Vereadores aprovou na quarta-feira à noite (06/05) decreto proposto por ele, transferindo a data para o segundo domingo de julho.

– Isto não é algo a ser resolvido por decreto de uma prefeitura. Uma mudança dessas tem que ser feita em âmbito nacional, e com uma grande campanha publicitária, envolvendo administrações estaduais e municipais e órgãos públicos, além da Confederação Nacional do Comércio (CNC), Fecomércio, shopping centers e outras entidades – diz Charbel Tauil, presidente do Sindicato dos Lojistas de Niterói (Sindilojas).

O prefeito Rodrigo Neves, que decretou o fechamento do comércio em geral desde março, como paliativo criou em abril o Programa Empresa Cidadã de Niterói, prometendo pagar R$ 1.045,00, em maio, junho e julho este valor para cada um de até 19 empregados de cada empresa, sindicato ou igreja atingida pelo isolamento social.

Este programa, segundo o Sindilojas, deixou de fora 40% das empresas que se cadastraram em busca do auxílio. Apenas 8,2 mil trabalhadores de 2.156 empresas estão recebendo aquele valor. No total de pedidos deferidos pela Secretaria Municipal de Fazenda, nem todos são lojistas. Além do comércio varejista, a relação inclui restaurantes, lanchonetes, livrarias, papelarias, salões de beleza, escritórios de contabilidade, consultórios odontológicos, empresas de turismo e de serviços de manutenção.

O Sindilojas conseguiu hoje que a Prefeitura de Niterói reabrisse o prazo de cadastramento do Empresa Cidadã, que foi somente de 13 a 24 de abril. Cerca de 1,5 mil empresas tiveram o pedido indeferido por não conseguirem entregar a tempo a documentação exigida pela prefeitura. As inscrições do Empresa Cidadã serão reabertas por mais cinco dias, de segunda-feira (11/05) a sexta-feira (15/05).

Vendas pela internet

Com shoppings e lojas fechados para cumprir o isolamento social como medida de enfrentamento à pandemia do novo coronavirus, a maioria dos comerciantes de Niterói já tinha certeza de que não poderia contar com o Dia das Mães, a segunda maior data em vendas, abaixo apenas do Natal. A não ser aqueles que já praticam ou que agora aderiram às pressas ao chamado e-commerce conseguem vender seus produtos pela internet, com entrega em domicílio.

Trocar a data para julho não resolve o problema dos pequenos e médios lojistas. Os grandes varejistas estão atuando firmes nas vendas pela internet. No mesmo dia em que o prefeito Rodrigo Neves adiou o Dia das Mães, as ações do Magazine Luiza subiram 9,9% na quarta-feira, enquanto o índice Ibovespa caia 0,51%. As ações das Lojas Americanas, que está entregando mercadorias (inclusive celulares e eletroeletrônicos) no mesmo dia da compra, tiveram alta de 7,4%. Para esses mega-lojistas, o Dia das Mães é domingo mesmo,  10 de maio.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|