New here? Register. ×
×

Morre Ismélia Saad da Silveira, a eterna primeira dama do antigo Estado do Rio

Escrito por Gilson Monteiro às 10:46 do dia 14 de março de 2021
Sobre: Obituário
  • Ismélia Saad Silveira
14mar

Ismélia Saad SilveiraNiterói perde uma figura querida, ilustre e de uma simplicidade franciscana. Era última primeira dama viva do antigo Estado do Rio de Janeiro. Ismélia Saad Silveira, morreu ontem (13/03), às 20h. Neste dia ela completava 91 anos, no apartamento onde morou por uma vida inteira, no bairro de São Francisco.

Natural de Bom Jesus do Itabapoana, dona Ismélia casou aos 21 anos com o conterrâneo e vizinho Roberto Silveira, então com 28 anos, em 1951. Tiveram três filhos, Jorge Roberto, Dora e Márcia.

A primeira dama Ismélia acompanhou a curta e brilhante trajetória política do marido, que foi deputado estadual por duas vezes, vice-governador e, em seguida governador por dois anos do Estado do Rio de Janeiro, até tragicamente morrer em um desastre de helicóptero, em 20 de fevereiro de 1961.

Depois, o cunhado Badger Silveira também foi governador do Estado; o filho Jorge Roberto elegeu-se deputado estadual, por duas vezes, e prefeito de Niterói para quatro mandatos. Mas dona Ismélia se manteve, do mesmo modo, distante dos gabinetes políticos.

Continuou levando vida normal, no mesmo endereço de sempre, em São Francisco, bairro onde passou a morar quando chegou do interior fluminense à ex-capital. Ali criou seus três filhos, cumprindo com dignidade a viuvez que o destino e a vida lhe reservaram, sendo merecedora do respeito de  todos que  conhecem sua história e lhe rendem até hoje homenagens como a eterna primeira dama do Estado do Rio de Janeiro.

 

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

7 thoughts on “Morre Ismélia Saad da Silveira, a eterna primeira dama do antigo Estado do Rio

  1. Acabei de saber e fiquei muito triste, mas peço ao Pai Maior que encaminhe essa alma para o descanso eterno, tenho uma gratidao imensa por ela e pela família. Grande ser humano. Descanse em paz Dna. Ismelia Saad Silveira. Bjs

    1. Lamento profundamente o passamento desta criatura, admirada por todos aqueles que tiveram a honra e a felicidade de com ela conviver. Ainda hoje guardo comigo imensas saudades do seu falecido esposo, Roberto Silveira, que nos deixou órfãos de sua presença, não só como amigo solidário e prestativo, mas sobretudo como homem público honesto, inteligente, capacitado no exercício do poder e grande humanista!

  2. Essa merece todo nosso respeito que seu exemplo de vida seja copiado por outras mulheres. Que Deus ilumine sua caminhada até os céus. A TABERNA DO MONTEIRO cumprirá o luto por sete dias consecutivos estendendo um laço Preto como respeito e admiração por essa ilustre dama de Niterói.

  3. Uma grande perda para Niterói!
    Dona Ismélia era uma mulher cheia de amor ao próximo e deixará para nós um legado de humildade e esperança.
    Agora, já está com Deus!

  4. Nossos sentimentos e com profundo pesar que recebemos essa triste noticia, pelo sempre contemporaneo e atualizadissimo jornalista Gillson Monteiro. No nosso anonimato sempre acompanhamos as noticias sobre essa grande primeira dama e tambem de seus familiares.

Comments are closed.