New here? Register. ×
×

Mais de meio século dando conforto aos pés de homens e mulheres em Icaraí

Escrito por Gilson Monteiro às 12:00 do dia 30 de abril de 2021
Sobre: Cuidado essencial
  • cuidando dos pés
30abr

podólogaCada um sabe onde o calo aperta, mas é Alba Rosa Bertez quem consegue aliviar a dor. Com suas mãos habilidosas, a competente podóloga cuida dos pés dos niteroienses há mais de meio século. Começou a atividade nos anos 70, na clínica Dr Scholl. Em 1978, abriu a sua Confort Pés, em Icaraí, onde trabalha até hoje.

A saúde dos pés, lembra Alba Rosa, deveria ser enquadrada como atividade essencial nos decretos que impõem isolamento social à população, devido à pandemia de Covid. As medidas restritivas têm deixado pessoas sofrendo semanas com uma unha encravada, à espera de que o podólogo tenha autorização para abrir a clínica. Seria quase o mesmo que deixar alguém sofrendo com dor de dente para evitar o coronavírus.

Alba nasceu na Argentina, morou em Foz do Iguaçu, no Paraná, de onde veio na década de 70 para Niterói, trabalhando como vendedora de produtos de beleza.

Daí foi um pulo para fazer um curso de técnica em podologia no Senac. Foi logo contratada pelo Dr Sholl, da Rua da Conceição, no Centro, onde ficou por sete anos.

Em 1978, Alba teve a coragem de sair do emprego e abrir sua loja, a Confort  Pés. Fica na Galeria Serra Dourada, na Rua Moreira Cesar, onde ela continua firme e forte aos 77 anos, atendendo a três gerações de pais, filhos e netos.

Diz que a podologia evoluiu muito com o surgimento de tratamentos que aliviam bastante o sofrimento dos dedos dos pés. Cita como exemplo a Onicoórtese, que é a aplicação de uma órtese para o tratamento corretivo de unhas deformadas.

Para tratar unhas encravadas (onicocriptose), ela utiliza a chamada fibra de memória molecular. Sua força de tração, contrária a curvatura da unha, corrige-a ao seu formato ideal.

A respeitada podóloga aconselha mulheres e homens a cuidarem bem dos pés. Devem hidrata-los e fazerem as unhas para ter pés sempre saudáveis.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *