New here? Register. ×
×

Leilão do Hospital Santa Cruz por R$ 125 milhões não recebe nenhum lance

Escrito por Gilson Monteiro às 15:42 do dia 25 de abril de 2022
Sobre: Sem interessados
  • hospital Santa Cruz
25abr
Hospital Santa Cruz, fechado desde 2013, hoje é usado como estacionamento

O leilão do Hospital Santa Cruz não recebeu nenhum lance, hoje (25/04). O imóvel está sendo leiloado por R$ 125 milhões para pagar dívidas trabalhistas, cíveis e fiscais que tramitam na Justiça, em Niterói. Um novo leilão está marcado para quinta-feira (28/04), mas o lance inicial cairá para R$ 62,5 milhões, com mais chance de aparecer algum interessado. Outros leilões já aconteceram ao longo dos últimos dez anos, desde quando o hospital fechou as portas em 2013.

Victor Gonçalves, presidente da Sociedade Beneficência Portuguesa de Niterói (proprietária do hospital), está convocando os associados para uma reunião na quarta-feira (27/04), às 18h, no Clube Português, no Ingá. Pretende apresentar aos sócios detalhes do pedido de recuperação judicial da entidade a qual, segundo ele, possui mais ativos do que passivos.

O Hospital Santa Cruz, instalado no Centro de Niterói há 113 anos, enquanto funcionou era referência em todos os campos da medicina. Por seus consultórios e centro cirúrgico passaram profissionais de renome e de elogiada dedicação aos pacientes. Apesar de atualmente Niterói oferecer 4,72 leitos para cada mil habitantes e 475,8 médicos para cada grupo de cem mil pessoas, um estabelecimento médico como o Santa Cruz faz falta à cidade.

Todo o complexo hospitalar tem 10 prédios, sendo 400 quartos, três UTIs com capacidade para 120 leitos, 15 centros cirúrgicos, e 120 leitos de permanência no anexo João Miranda, na Rua Moacir Padilha. A avaliação do primeiro leilão em R$ 125 milhões foi feita a partir da soma do valor do terreno: R$ 70 milhões com as benfeitorias R$ 55 milhões. Isso engloba o terreno irregular com frente para a Rua Dr. Celestino e fundos para Rua Dr. Moacir Padilha, sede histórica de Beneficência Portuguesa, sede do antigo Hospital Santa Cruz, edificação em alvenaria em frente a antiga sede do hospital com dois andares além de espaços dentro do terreno como antiga clínica de urologia, um galpão fechado entre outros espaços.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

3 thoughts on “Leilão do Hospital Santa Cruz por R$ 125 milhões não recebe nenhum lance

  1. Acho que milhares de niteroienses, em um momento de suas vidas, passaram pelo Hospital Santa Cruz. Eu, aos dez anos, tive que sofrer um processo cirúrgico que me capacitou para viver. Tios e meus país se socorreram e nele se despediram do mundo em que viviam. No Santa Cruz a medicina nuclear foi inaugurada e atuante. Quando recorria a uma consulta com médico no Ambulatório, via comovido, velhos senhores e senhoras, portugueses naturalmente, se apresentarem com suas carteiras de sócios seculares, para uma consulta médica. O Hiospital Santa Cruz, era um modelo de atendimento e socorro àqueles que a ele recorriam. Pelo seu Ambulatório, grandes médicos prestaram serviço e não posso deixar de lembrar e citar como um de seus servidores o dr. Mario Monteiro, como também outros como o dr. Paulo Nancy. Até hoje, não entendi o seu fechamento e me pergunto: Por que, em casos como o do Hospital Santa Cruz, o Estado não socorre e ampara, impedindo a sua falência. A Saúde, é responsabilidade do Estado sim, e é a sua obrigação para com o povo, socorrer e manter esses serviços de Saúde.

  2. Taí uma grande oportunidade dessa atual gestão da prefeitura, fazer uma coisa útil para a população de Niterói. Bem que o prefeito Axel Grael poderia usar uma pequena parte dos bilhões dos royalties e arrematar, no próximo leilão, o Hospital Santa Cruz e transformá-lo em modelo eficiente de Hospital Municipal (?). Em se tratando da qualidade dos nossos atuais políticos acho difícil, mas, não custa sonhar que poderíamos ter de volta o Santa Cruz, este tradicional patrimônio hospitalar de Niterói. Com boa vontade, menos secretarias e sensibilidade na administração pública, quem sabe não ocorre um milagre? …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *