New here? Register. ×
×

Gentil Moreira, 92, fundador da Beira Mar, uma vida de cordialidade e simpatia

Escrito por Gilson Monteiro às 12:31 do dia 19 de julho de 2021
Sobre: Adeus ao comendador
  • Gentil Moreira de Souza
19jul

A colônia portuguesa e a cidade de Niterói perderam uma figura que se destacava pela simpatia, cordialidade, elegância. Gentil Moreira de Souza, 92 anos, faleceu nesta segunda-feira (19/07), em casa, deixando uma história de muita luta, trabalho, conquistas e o seu maior xodó: a Confeitaria Beira Mar, que fundou há 47 anos.

Há 71 anos, Gentil chegou a Niterói, vindo de Arouca, uma pequena cidade ao Norte de Portugal. Era alfaiate e pretendia continuar aqui na profissão. Com nove anos de Brasil, trocou a tesoura, o tropical inglês e os cortes de roupa masculina pela farinha de trigo importada e o calor dos fornos à lenha da primeira padaria que comprou no Centro de Niterói.

Gentil viajou 21 dias de navio, trazendo na mala muitos moldes e a esperança de mostrar seu talhe exclusivo aos brasileiros. Na verdade, o alfaiate costurou foi um grande e produtivo negócio na então Rua Moreira César.

Em 1974, depois de ter cinco padarias na cidade, em sociedade com os irmãos, comprou sozinho a Beira Mar, no coração de Icaraí. Eram 12 empregados, hoje são 300. Todos os dias ia à confeitaria cumprimentar os funcionários e bater papo com os fregueses.

Com a visão aguçada de quem bota linha no buraco da agulha, viu que aquele ponto estratégico de Icaraí poderia atrair gente o dia todo. Implantou o sistema de atendimento self service, com café da manhã, almoço, lanche e jantar.

Outra tacada de mestre: trouxe logo para ser seus braços direito e esquerdo a filha Maria Célia. Ela passou a fazer cursos com grandes mestres da pâtisserie em Paris, trazendo receitas incríveis e deliciosas, de doces, biscoitos e pães, que fazem a Beira Mar ser imbatível no ramo, no Rio de Janeiro.

O comendador Gentil Moreira, título concedido pelo governo português, com a alma impregnada pela doçura, escreveu quatro livros de poesia, que falam desde sua infância até os dias atuais. Participou da fundação ou teve atuação destacada em todos os movimentos lusos da cidade, no Clube Português, na Beneficência Portuguesa e na Banda Portuguesa.

Deixa a esposa Clarice e dois filhos, o respeitado médico clínico Eduardo Gentil e Maria Célia, sua sucessora no negócio, três netos dois bisnetos.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

13 thoughts on “Gentil Moreira, 92, fundador da Beira Mar, uma vida de cordialidade e simpatia

  1. Familia de vitoriosos, eu sou descendente de imigrantes das terras de Arouca.
    Vejo com muito orgulho e consternação a perda de um patrício que deu ao povo de Niterói uma dose de doçura.

  2. Um querido amigo que com sua alegria, simpatia e naturalidade manipulava magicamente o tempo, quando estávamos juntos, fazendo desaparecer nossos 31anos de diferença, como também fazendo voarem os minutos quando estávamos juntos, de tão bom que era.
    Em nosso último encontro honrou-me presenteando-me com um de seus livros. Obrigado Amigo! E até breve!

    Luiz Cláudio Alfradique

  3. Se foi meu amigo de longos anos. Nós nós
    conhecemos na beneficência portuguesa Eu trabalhava como Instrumentadore cirúrgica. Uma perda irreparável, homem de coração generoso, honesto, bom caráter. Se foi um amigo, a beira mar não será a mesma sem seu anfitrião. Saudades, que Deus o receba de braços abertos meu amigo. Com certeza o céu está em festa com sua chegada, tenha o descanso merecido

  4. Sr Gentil deve ser homenageado como um imigrante que fez muito por Niterói com seu trabalho e gerou muitos empregos e renda para o município.
    Os imigrantes tem um papel importante para o Brasil 🇧🇷.
    O Sr Gentil era um exemplo de homem honesto e trabalhador.
    Meu carinho e respeito a família.

  5. Nossos sentimentos a família. 💔 Obrigada sr Gentil por tudo que o sr. fez pela Paróquia de São Domingos de Gusmão continuaremos rezando pela sua alma tão caridosa e pelos familiares.

  6. A sociedade niteroiense está de luto. Gentil foi uma figura importante no setor empresarial e na comunidade que o abraçou. Sua simpatia jamais será esquecida pelos que cruzavam com ele na Moreira Cesar e nos Shoppings, onde ele encontravam os amigos, diariamente, para uma partidinha do “jogo de palitinhos”. A Beira-Mar é um exemplo do seu bom gosto e da sua visão empreendedora. Ela está para Niterói, como a Colombo está para o Rio. Minha solidariedade à família.

  7. Lamento profundamente o falecimento do Sr. Gentil com o qual convivi na Beira Mar pelas últimas três décadas e em diversos momentos culturais. Deixo a Família meu pesar e o reconhecimento deste grande ser humano. Professor Doutor Stelling ( Chanceler do IFEC – Instituto Interamericano ).

  8. Triste, ontem mesmo estava a falar da BeiraMar para meus irmãos de Macaé, dizia ser a Padaria melhor do Brasil; do quanto amava seus produtos e fã do bolo de festa (uma perdição) e do rocambole de laranja (o melhor que já saboreei). Seu Gentil sempre um gentleman, super atencioso, uma perda inestimável. Que Deus o receba em sua glória!

  9. Perdi um grande amigo. Estivemos juntos no Hospital Santa Cruz e Clube Português de Niterói. Foi meu cliente quando era representante de lacticínios. Tive a oportunidade de desenvolver as funções de Gerente na Beira Mar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *