New here? Register. ×
×

Futebol volta a campo em Niterói, que também retoma música ao vivo

Escrito por Gilson Monteiro às 18:45 do dia 23 de junho de 2021
Sobre: Janela aberta
  • Rio Cricket futebol
23jun

Rio Cricket futebolOs jogos de futebol nos clubes da cidade vão ser liberados a partir de sábado (26/06). Decreto autorizando a retomada dessa atividade esportiva será publicado pelo prefeito Axel Grael no Diário Oficial desta quinta-feira (24), segundo anunciou agora à tarde a subsecretária de Saúde, Camilla Franco.

Em outro decreto, publicado nesta quarta-feira (23), a prefeitura permite a apresentação de música ao vivo em bares, restaurantes e casas de show. Mas não autoriza eventos, festas e aglomerações. A retomada da música e do futebol está garantida somente até o dia 11 de julho, data em que a prefeitura fará nova reavaliação da pandemia na cidade.

A volta das peladas e das atividades das escolinhas de futebol deverão seguir protocolos sanitários para evitar a contaminação pela Covid-19. Camilla Franco destaca, dentre essas medidas:

♦ Higiene das mãos antes de entrar em campo e na saída;

♦ Não compartilhar material;

♦ Ausência completa de público, sejam torcedores, parentes ou equipe técnica dos times;

♦ Agendamento prévio dos jogos, com intervalo de 15 minutos entre a entrada e a saída de cada equipe, a fim de evitar aglomerações.

A volta do futebol foi discutida ontem (22) por representantes de cerca de 50 clubes sociais e esportivos e de escolinhas. Participaram do debate realizado pela internet Camilla Franco, da Saúde; Luiz Carlos Gallo, secretário de Esporte e Lazer; e Paulo Henrique de Moraes, secretário de Ordem Pública.

Axel Grael afirmou hoje, em transmissão pelas redes sociais, que a medida faz parte de uma “janela” que a prefeitura está abrindo até o dia 11 de julho, flexibilizando as restrições de enfrentamento do novo coronavírus em Niterói.

Música ao vivo de volta aos palcos

Em decreto publicado nesta quarta-feira (23), a prefeitura permite a apresentação de música ao vivo, das 11h de hoje até as 22h do dia 11 de julho. Isto, porém, somente poderá acontecer “nos espaços privados que já tenham sido autorizados a funcionar pelo Decreto 14.047, de 2 de junho de 2021 – Plano de Transição Gradual para o Novo Normal”.

O decreto não autoriza eventos, festas, aglomerações, apenas apresentações de músicos em restaurantes, bares e casas de show. Os estabelecimentos terão que garantir uso de máscaras — exceto pelos cantores —, distanciamento entre público e entre os músicos e aferição de temperatura. O público deve ficar a dois metros do palco e o tempo de apresentação não pode ultrapassar três horas.

As regras, segundo o decreto, são as seguintes:

♦ Todos os músicos devem usar máscaras, exceto os vocalistas/cantores;

♦ O espaço interpessoal, seja entre músicos ou entre o público, deve ser de 2m em espaços fechados e 1,5m em espaços abertos.

♦ Primeira fila deve estar a 2m do palco;

♦ Equipamentos e instrumentos não devem ser compartilhados; se forem, devem ser higienizados;

♦ Os envolvidos nos shows devem evitar apoiar instrumentos e objetos de palco, inclusive copos e garrafas, no chão ou em qualquer superfície não higienizada;

♦ Pistas de dança estão proibidas;

♦ O período de música ao vivo só pode durar três horas, entre 11h e 22h; às sextas-feiras, pode terminar às 23h.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|