New here? Register. ×
×

Escola suspende aula de turma com quatro casos de Covid em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 15:42 do dia 12 de maio de 2022
Sobre: Quarentena
  • Instituto GayLussac
12maio
Instituto GayLussac
Turma do Ensino Médio do GayLussac fica em quarentena

Com quatro casos confirmados de alunos com Covid-19, o Instituto GayLussac, tradicional escola da rede particular de ensino em Niterói, suspendeu ontem (11/05), por cinco dias, as aulas de uma turma do primeiro ano do Ensino Médio. Até a próxima segunda-feira (15/05), quando deverá voltar às aulas presenciais, a turma poderá participar de aulas on-line. No entanto, a direção do GayLussac frisa que essas aulas pela internet “não têm validade como dias letivos”.

Em comunicado distribuído aos pais, a escola localizada no bairro São Francisco, na Zona Sul de Niterói, justifica que “a lei de permissão de aulas on-line foi suspensa no dia 31 de dezembro”. Para manter o vínculo de aprendizagem dos alunos, o GayLussac decidiu criar uma sala virtual. As provas finais somente da turma EM01M2 serão suspensas pelos próximos dias, e serão aplicadas na próxima semana, em horário escolar, informa a direção da escola.

É o seguinte, o comunicado do Instituto GayLussac enviado aos pais e responsáveis:

“Seguindo as orientações da Vigilância de Saúde de Niterói, através da Coordenadoria de Vigilância de Saúde (Covig), informamos que quatro alunos da turma EM01M2 testaram positivo para Covid-19 entre os dias 4 e 10 de maio.

Diante disso, seguindo os protocolos determinados pelas autoridades de saúde do município, indicamos que:

  • As aulas desta turma estão suspensas em razão da qualificação dos alunos como contactantes dos casos confirmados;
  • Seguindo os protocolos, estes alunos devem ficar afastados por 14 dias a contar de hoje (11/05), ou:
  • ASSINTOMÁTICOS: Realizar o teste RT-PCR ou Teste Rápido Antígeno do quinto ao sétimo  dia a contar do último contato com o caso confirmado (caso índice); retornar se tiver resultado negativo e manter monitoramento até o 14° dia.
  • SINTOMÁTICOS: até o sétimo dia do início dos sintomas, realizar o RT-PCR ou Teste Rápido Antígeno; retornar se tiver resultado negativo e manter monitoramento até o 14° dia.
  • Sendo assim, contando com o último dia de contato tendo sido ontem (10/05), os testes devem ser realizados entre os dias 15 e 17.
  • Caso o aluno não realize o referido teste, deve retornar no 14° dia de suspensão.
  • As provas finais (AFE’S) somente da turma EM01M2 serão suspensas pelos próximos dias, e serão aplicadas na próxima semana, em horário escolar.

Faremos transmissão de aula on-line para essa turma, com suspensão integral dos alunos, até o dia 15 de maio. É importante frisar que essas aulas não têm validade como dias letivos, visto que as escolas não estão autorizadas a dar aulas on-line como dias letivos de aula. A lei de permissão de aulas on-line foi suspensa no dia 31 de dezembro de 2021 e a regulamentação de protocolos do COVIG não considera a legislação educacional. Logo as escolas necessitam criar mecanismos para cumprir a lei e o nosso objetivo ao transmitir a aula é manter o vínculo de aprendizagem dos nossos alunos.”

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *