New here? Register. ×
×

Desfile ainda é incerto, mas Niterói já distribui milhões a escolas de samba

Escrito por Gilson Monteiro às 18:23 do dia 10 de janeiro de 2022
Sobre: Samba atravessado
  • Niterói distribui milhões a escolas de samba
10jan

Niterói distribui milhões a escolas de samba
Viradouro recebe R$ 3 milhões de Niterói para tentar o bicampeonato

Apesar de o comitê científico que orienta decisões do governo estadual sobre a pandemia ter recomendado para que não haja desfiles de escolas de samba na Marquês de Sapucaí, no Rio, a Prefeitura de Niterói já pagou metade dos R$ 5,3 milhões de subvenção às agremiações niteroienses que desfilam no carnaval carioca.

A realização ou não dos desfiles na Sapucaí ainda depende, segundo a Secretaria Estadual de Saúde, da evolução da situação epidemiológica atual, com o registro do aumento exponencial de casos de Covid somados à gripe causada pelo vírus H3N2. O comitê científico é composto por sete pesquisadores da Uerj, UFRJ e técnicos da Secretaria de Estado de Saúde, que analisaram o avanço da variante ômicron. Por sua vez, o infectologista Roberto Medronho, da UFRJ, recomendou não só o cancelamento do carnaval, mas também de qualquer evento que gere aglomeração.

Já receberam metade da subvenção estabelecida pela Prefeitura de Niterói a Unidos do Viradouro (R$ 3 milhões no total); Acadêmicos do Cubango (R$ 1,5 milhão); e Acadêmicos do Sossego (R$ 800 mil).

Também começaram a receber esta semana 50% da verba de apoio municipal as 31 escolas de samba com três dias de desfiles marcados para acontecer na Rua da Conceição, no Centro de Niterói.

A Viradouro, com o enredo “Não há tristeza que possa superar tanta alegria”, vai tentar conquistar o bicampeonato do carnaval carioca. Já a Cubango com o enredo “O amor preto cura: Chica Xavier, a mãe baiana do Brasil”, e a Sossego, com “Visôes Xamânicas”, deverão desfilar na série Ouro (antigo grupo A), tentando a ascenção para o Grupo Especial do carnaval carioca em fevereiro.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Desfile ainda é incerto, mas Niterói já distribui milhões a escolas de samba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *