New here? Register. ×
×

Árvores salvas. Prefeitura muda obra da Boa Viagem para o Parque da Cidade

Escrito por Gilson Monteiro às 09:14 do dia 18 de julho de 2021
Sobre: CAT em novo endereço
  • Árvores salvas
18jul

Árvores salvasAs árvores da pracinha em frente à Ilha da Boa Viagem, em Niterói, estão salvas. A prefeitura desistiu de construir ali um Centro de Atendimento ao Turista (CAT).  A instalação do bureau turístico mudou de endereço. Agora vai para o Parque da Cidade, no Morro da Viração. Os tapumes ainda cercam a rotatória da Avenida Benjamin Sodré. A prefeitura já pediu autorização para realocação da obra custeada pelo Ministério do Turismo.

Como a Coluna noticiou, moradores da Boa Viagem tinham protestado contra o abate de árvores e o movimento deu resultado. Lembram, porém, que ainda aguardam a abertura de um outro espaço, onde há três anos a prefeitura colocou brinquedos e equipamentos de ginástica. Está tudo se deteriorando, sem uso, no trecho final da Rua Presidente Domiciano. O local alaga com qualquer chuva. Uma obra no campus da UFF estaria impedindo a drenagem. A prefeitura ainda não comprou uma bomba de recalque para fazer o escoamento das águas fluviais.

Sem poder utilizar esse espaço de lazer e atividades físicas na Presidente Domiciano, moradores da Boa Viagem reclamam a instalação de brinquedos novos para as crianças na Praça Nilo Peçanha, em frente à Faculdade de Engenharia. Nela foi criado um “Parcão”, uma área cercada para a recreação canina. Já a criançada do bairro ficou esquecida.

Praça Nilo Peçanha, Boa Viagem Reaberta recentemente, dentro das medidas de flexibilização do isolamento social na cidade, essa praça está malconservada e suja. Um dos balanços está quebrado, e outros dois não têm bancos com encosto para dar mais segurança às crianças pequenas (foto). Foi colocado apenas um escorrega sobre um piso cimentado.

A instalação de um Centro de Atendimento a Turistas na pequena pracinha da Boa Viagem seria uma obra para inglês ver. Ficaria distante do Museu de Arte Contemporânea (MAC), e a ilha da Boa Viagem, outro ponto de atração turística, vive fechada, só podendo ser admirada do calçadão.

Para construir três CATs (no Centro, em Piratininga e na Boa Viagem) a prefeitura conseguiu R$ 736 mil do Ministério do Turismo, através de repasses feitos pela Caixa Econômica.

O município deve empregar mais R$ 150 mil de recursos próprios. Já recebeu R$ 560.788,13 e inaugurou os dois primeiros CATs, próximo da Estação das Barcas, e o segundo na Avenida Almirante Tamandaré, em Piratininga.

Os CATs devem ser equipados com aparelhos de TV, computadores e tablets. Atendentes bilíngues atenderão os turistas. O contrato foi assinado pela prefeitura de Niterói com o Ministério do Turismo em 10 de janeiro de 2014. O prazo de validade para o repasse da verba total vence em 30 de setembro deste ano.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

5 thoughts on “Árvores salvas. Prefeitura muda obra da Boa Viagem para o Parque da Cidade

  1. Não adianta… A população não vê!
    Trabalho lá no parque, que está fechado às segundas para manutenção e é o dia todo indo gente lá e vendo o portão fechado, vão questionar na guarda ambiental ou comigo, quando estou no portão. Pq simplesmente as pessoas não podem olhar as mídias sociais… Sites… Enfim…
    Quanto o abate de árvores adultas na em Piratininga, se são espécies exóticas, tem que ser retiradas mesmo. O local foi contemplado com um projeto muito bom e terá arborização com espécies endêmicas da nossa flora!

  2. E as obras do Ingá que não acaba nunca. A pracinha em frente ao Pão de Açucar está toda detonada.

  3. Enquanto salva árvores – acontecimento inédito – na Boa Viagem, a prefeitura permite o corte de espécies adultas em Piratininga. O que a PMN deve fazer é não insistir em contribuir com o extermínio da arborização urbana em Niterói. E o Ministério Público poderia enviar os processos que existem contra a Municipalidade e a Enel (em consequência desses possíveis crimes ambientais) ao Judiciário e deixar de arqiva-los.

  4. No meio de uma pandemia, é muita vontade de construir algo inútil.
    Um site, app, ou um perfil no Instagram com todas as informações da cidade, lugares e dicas administrado com competência, seria muito mais eficiente e menos custoso para os cofres que isso.
    Enfim, escolhas…

Comments are closed.