New here? Register. ×
×

Troca de gênero e crime misterioso

Escrito por Gilson Monteiro às 10:16 do dia 22 de julho de 2017
Sobre: Lançamento
22jul

Véu do diabo, mais novo livro de Celso Possas Junior, será lançado dia 5 de agosto, na Blooks Livraria, no Reserva Cultural Niterói, em São Domingos. A história de um crime perfeito e um investigador determinado é o enredo deste novo livro do autor que criou sua própria editora, a Itapuca, e já publicou Operação Baumman”, “O Revelador”, “A Farsa de Ártemis” e “O Natal de ômega”.

O romance toca em pontos críticos da sociedade, como a intolerância, um tema em alta nos dias de hoje e traz um questionamento que deixará o leitor intrigado durante toda a trama: será que a morte da personagem foi mesmo por intolerância ou existiu alguma outra razão?

Depois de passar por muitos conflitos, principalmente internos, o personagem Ernesto decide, aos 18 anos, se tornar Vivi. Disse aos pais que não era gay. O que ele era não tinha nome. Uma cabeça complexa, uma pessoa diferente, porém alegre e determinada. É assim que começa o enredo do livro “O véu do diabo”, de Celso Possas Junior.

Vivi achou que a recente mudança de gênero e a vida em uma nova cidade faria com que ela se sentisse melhor, mas seus planos e sonhos acabaram com um fim trágico. Vivi foi assassinada.

A chegada de um investigador particular na pequena cidade onde o crime aconteceu, revelará intrigas e segredos. Mas alguém parece estar um passo à frente do detetive, apagando rastros e eliminando pistas.  

Celso Possas Junior é economista e pós-graduado em Marketing. Mas, em julho de 2016 decidiu largar o emprego em uma multinacional e se dedicar ao que sempre quis fazer: ser escritor e abrir sua própria editora.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu