New here? Register. ×
×

Transocêanica dificulta acesso a garagens

Escrito por Gilson Monteiro às 09:25 do dia 19 de agosto de 2016
Sobre: Obra mal feita
19ago

Motorista manobra para conseguir entrar em sua garagem  bloqueando a rua estreita que sobrou da TransOceânicaPara entrar de carro na garagem de casa, moradores da Avenida Paulo de Mello Kale (antiga Avenida Seis), no Cafubá, precisam interromper o trânsito até conseguir manobrar na estreita pista que  a mal planejada obra da TransOceânica deixou para passar todo o tráfego de carros e caminhões, reservando as duas pistas centrais para  os ônibus BHLS que farão a ligação de Itaipu a Charitas.

O motorista da foto precisou fazer três manobras até conseguir entrar na garagem. Vizinhos já se perguntam como ficará o trânsito da Avenida Paulo de Mello Kale quando um morador precisar ser socorrido por uma ambulância ou receber compras entregues pelo supermercado ou alguma outra loja. Sem falar que caminhões de mudança não terão como parar na porta de qualquer casa da rua.

Para os ciclistas, nada de ciclovia na estreita pista da Paulo de Mello Kale. Terão que pedalar suas bicicletas no meio da rua, arriscando-se a ser atropelados. Nas calçadas de pouco mais de um metro de largura, pedestres têm também que vencer obstáculos criados pelos postes. E os deficientes visuais ficaram sem o piso tátil. A empreiteira que constrói a TransOceânica colocou a sinalização colada ao meio-fio, mas teve que quebrar o piso diante do absurdo que cometera.

Acidentes se repetem na TransOceânica

Esta obra de R$ 310 milhões, que os contribuintes niteroienses terão que pagar com juros e correção monetária pelos próximos 20 anos, está cheia de erros, tanto na construção das pistas seletivas para os chamados ônibus BHLS quanto pela falta de pontos de travessia para carros e pedestres ao longo de cerca de seis quilômetros. Os únicos locais previstos no projeto ficam a cerca de meio quilômetro uns dos outros.

O presidente do Conselho Comunitário da Região Oceânica (CCRON), Gonzalo Peres, disse que, como as ruas estão sendo abertas sem sinalização, sem redutores nem limites de velocidade, muitos acidentes vão ocorrer pelo menos até a conclusão das obras.

Depois do abalroamento de uma moto por um carro na Avenida Paulo de Mello Kale, em julho, quando um motociclista morreu, quatro atropelamentos já aconteceram na via sem sinalização de trânsito.

Gonzalo diz ainda que a Prefeitura deveria ter feito um planejamento adequado antes de dar início à quebradeira geral, que está trazendo prejuízo para comerciantes e transtornos para os moradores.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

10 thoughts on “Transocêanica dificulta acesso a garagens

  1. E falam q a obra necessita de pequenos acertos… E q tudo correrá sem ônus…. Onde está o erro? Não tinha projeto? Estudo de impacto? O projeto foi mal feito? Ou foi erro de execução? As pessoas q executaram sabem interpretar um projeto? Estamos brincando de lego? Desde de qdo fazer e refazer significa ter um bom planejamento. De QQ forma a população precisaria de uma explicação. O q deu errado? Em que momento?

  2. Gostaria com toda sinceridade, conversar com os projetistas e principalmente com o secretário de obras. Para conseguir entender a lógica desse projeto. Tínhamos uma via com quatro pistas, duas para subir e duas para descer. Com uma largura confortável, e mais duas laterais. Onde trafegavam os ônibus. Hoje vamos ter quatro pistas, sendo que duas bem confortáveis para os BHLS, ida e volta, e duas para cada lado para ônibus e carros. Não precisa ser muito inteligente para perceber que não melhorou nada, pelo contrário. E o pior não prestaram atenção que nessas vias existe um comércio e residências que precisam de espaço para transitarem. Tudo errado, totalmente fora do que se estuda em planejamento urbano. Palmas para eles!

  3. Sem contar que não a sinal e muito menos calçada para ser andar com nossos filhos no carrinho de bebê está um verdadeiro inferno tem que disputar pista com os carros pq a calçada não tem espaço e os postes colocados bem no meio aff muito revoltante.

  4. Usaram o portão do meu condomínio como ponto de ônibus e transtorno e cada dia maior! O número de acidentes a cada dia é maior! É o trânsito caótico! Bombeiros e ambulâncias vivem com imensas dificuldades para socorrer seus necessitados ! E quando o verão, chegar e tivermos de socorrer em meio ao trânsito e engarrafamentos? Será uma loucura pela incompetencia

  5. No mundo moderno normal é os cadeirantes serem independentes.Alguém consegue mostrar como eles andarão, em calçadas estreitas e com postes no meio delas?

  6. Toda a obra está errada e contra todos os parâmetros de modernidade. Primeira vez na vida que vejo, num local de expansão imobiliária , tirarem as quatro pistas existentes, para colocarem só duas, com calçada de praticamente 8 metros de largura(com pista de ciclista junto, sem sinalização e separação necessária, para pedestres serem atropelados pelas pessoas mal-educadas, que so pq estão na pista acham que podem ir em frente), sendo que uma destas de carros pistas fica constantemente prejudicada pela parada dos onibus comuns, restando então somente uma pista. O congestionamento agora é constante, a qualquer hora do dia, e não vai melhorar quando a obra estiver pronta, pq os inteligentes que projetaram a obra, se esqueceram que quem mora aqui sai indiscutivelmente de carro para ir fazer compras, levar criança à escola,ir a shopping, restaurantes, etc. As pessoas “ricas” vão usar esse Ônibus? hahaha… deixarem o conforto de seus carros para enfrentarem condução cheia? E vai continuar szendo só duas pistas. Obra de loucfo, projetada e executada por loucos! Acabaram com a região oceânica. Muita gente pensando em se mudar, devido ao tempo que perde com os engarrafamentos.

  7. Obrigada Gilson por dar voz e vez aos moradores da região oceânica. Tenho sofrido como moradora é comerciante os abusos do ex petista prefeito Rodrigo Neves e sua equipe de boçais e incompetentes.

  8. O trânsito já está um Inferno e moradora da RO estou preocupada com as vias destinadas as carros. Esses dias um veiculo enguiçou na pista sentido Cafuba / Niterói da antiga Av Seis e o transito parou. Não há como sair dessa situação. O que diz o Prefeito sobre o assunto já que está pleiteando se reeleger?

  9. E impressionante a capacidade do gestor publico em usar mal o dinheiro publico. Esse projeto foi desenhado por algum incompetente e todos os cidadaos vao pagar muito caro por esse absurdo.

Comments are closed.

Menu