New here? Register. ×
×

Terceira idade melhora qualidade de vida no tatame, em Itacoatiara

Escrito por Gilson Monteiro às 17:52 do dia 30 de setembro de 2019
Sobre: Jiu-jitsu
30set

Saulo Lino com o professor Adriano Lucio

Uma academia de jiu-jitsu, voltada para a terceira idade, foi montada pelo professor de Educação Física e faixa preta, quinto grau, Adriano Lúcio Carneiro Santiago, em sua residência, em Itacoatiara.

Com a experiência de ser cinco vezes medalhista mundial, quatro estadual e sessenta regional, agora ele ministra seminários no Brasil, como na Academia de Polícia Civil de São Paulo, e também nos Estados Unidos e em países europeus, onde verificou ótimos resultados da prática desse esporte, principalmente por pessoas idosas.

_ O jiu-jitsu traz um benefício físico e intelectual enorme para o corpo e para a mente, além de melhorar o stress. Treino um aluno, há quatro anos, Saulo Lino, que está completando 60 anos e já é faixa azul. Com o treinamento, ele fortalece os músculos e experimenta grande melhora nos exames clínicos – diz Adriano.

Em dezembro o professor vai abrir turmas de até seis alunos, para oferecer tratamento personalizado. Os interessados poderão obter informações e fazer a pré-inscrição através do Instagram em @adrianoluciobjj.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu