New here? Register. ×
×

Saideira 2017 da Confraria do Queijão

Escrito por Gilson Monteiro às 14:15 do dia 11 de dezembro de 2017
Sobre: Confraternização
11dez

Carlos Alberto Corrêa , o anfitrião, dando as boas vindas aos confrades

Há 17 anos atrás, o Queijão de Pendotiba era point de apreciadores de vinhos e cervejas importadas, com tira-gostos de boa qualidade. A maioria dos frequentadores já se conhecia e logo foram aproximando cada vez mais suas mesas, até que surgiu a ideia da criação da Confraria do Queijão, no início com palestras e degustações que harmonizassem os vinhos servidos na noite especial. O seu primeiro presidente foi João Lucas, quando surgiu a proposta de programar almoços na casa dos confrades, sobre pratos das mais diversas nacionalidades e sabores, escolhido pelo anfitrião.

O grupo eclético formado por mais de 50 homens, das mais diversas profissões e idades, se reuniu na bela casa do empresário Carlos Alberto Correa, em Pendotiba, que ofereceu um leitão à pururuca, no último almoço do ano, em um ambiente de muito bate-papo, brincadeira, animação e alegria.

Na Confraria não existe despedida e sim saideira, por isso, em janeiro, vai sair a programação para 2018. O tim-tim final é sempre com todos levantando a taça pela amizade e alegria de viver, com um brinde a vida.

A entidade de confraternização não tem estatuto, mas tem regras e etiquetas criadas pelos próprios confrades, como não convidar as mulheres, não se discutir política nem futebol, não entabular negócios, não falar mal de ninguém, não beber além da sua resistência, por isso, os encontros são só de diversão e de muita conversa fora, sem nenhum desentendimento durante esses anos todos.

O que nunca faltou foi a comida gostosa, o vinho de boa safra e a música animada, fazendo por isso, de cada encontro uma verdadeira festa de amizade e de prazer.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Saideira 2017 da Confraria do Queijão

  1. Obrigado Gilson, pelo carinho e é sempre um grande prazer encontrar todos os amigos neste encontro de fim de ano.

Comments are closed.

Menu