New here? Register. ×
×

Rodrigo Neves fecha apoio do PL para a sua sucessão em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 09:14 do dia 14 de novembro de 2019
Sobre: Eleições 2020
14nov

Apesar de a população estar enojada de política e ainda faltar muito tempo para as eleições municipais, já começou em Niterói a barganha em troca de apoio à candidata ou ao candidato do prefeito Rodrigo Neves, a sua sucessão em outubro do ano que vem.

Estiveram no gabinete do prefeito, o ex-deputado federal Alexandre Santos e o atual Altineu Cortes, do PL, ambos moradores de Niterói. São duas velhas raposas da velha política fluminense que ali estavam para firmar uma aliança entre o PDT (partido que atualmente abriga Rodrigo Neves) e o PL, visando as eleições de 2020.

Mesmo depois da prisão preventiva acusado por corrupção, Rodrigo Neves é o único apoiador que tem muita coisa a oferecer. Sua caneta comanda 54 secretarias municipais, mais do que o dobro de ministérios do governo federal. São recheadas por muitas centenas de funcionários fantasmas. Além disso, a atual gestão dispõe de muito dinheiro proveniente da cobrança de um dos IPTUs mais caros do Brasil e dos milhões de reais que vem recebendo dos royalties do petróleo.

Rodrigo Neves participa desse esquema de poder em Niterói há mais de três décadas, desde que foi secretário de Assistência Social de Jorge Roberto Silveira. Passou, ainda, pela mesma secretaria estadual no governo de Sérgio Cabral, e também pela Assembleia Legislativa como deputado pelo PT. O partido de Lula continua enraizado na administração niteroiense, com gente graúda nos postos chave das secretarias, como a Executiva e a de Cultura, e nas de maior número de cargos comissionados: Educação e Saúde.

As outras dezenas de secretarias estão loteadas e entregues a partidos que prometem apoio ao candidato que Rodrigo vier a apontar como o seu indicado. A decisão final caminha na direção dos secretários Axel Grael e Giovanna Victer, para ciumeira dos demais pretensos candidatos ao cargo majoritário.

É cedo para saber como andará a cabeça do cidadão eleitor em outubro de 2020, quando ele vai escolher o próximo prefeito. Sem falar em outros ingredientes que pesarão nessa escolha, como a crise econômica, política e moral porque passa o Brasil e o mundo.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

5 thoughts on “Rodrigo Neves fecha apoio do PL para a sua sucessão em Niterói

  1. Com certeza não votaria em qualquer desses dois pretensos candidatos de Rodrigo Neves. Essa Giovanna Victer não ganharia nem pra sindica do prédio que mora. Além de péssima gestora na Fazenda Municipal por total falta de conhecimento da area, trabalha pouco e faz campanha ainda estando no cargo. Um desrespeito total aos contribuintes que pagam o salario dela.

  2. É muito triste constatar que nossa cidade, tão rica em recursos não consegue evoluir..política e culturalmente…Raposas velhas mal intencionadas , já planejando os próximos golpes contra a cidade já se impõe no cenário..
    Tem mais comissionados nas secretarias do que servidores concursados..São cabides políticos.. Quando haverá um Despertar contra tanta ilegalidade e podridão de propósitos? Quando ?!

  3. Os acordos políticos costurados pelo prefeito, com vistas à sua sucessão, demonstram que ele esqueceu do seu afastamento forçado, e dos motivos que a Justiça se pautou para afasta- lo. Observem quem ele procura para apoiar seus candidatos. Alguns são tão, ou mais, encrencados como ele, por causa da prática de possíveis malfeitos.

Comments are closed.

Menu