New here? Register. ×
×

Promessa de campanha, Getulinho deixa funcionários sem salário

Escrito por Gilson Monteiro às 15:52 do dia 29 de fevereiro de 2016
Sobre: Saúde abandonada
29fev

photo_971049929641472

O Getulinho, mais uma vez, deixa seus funcionários sem salários. O pessoal da limpeza ameaça fazer greve porque não recebe desde janeiro. O hospital infantil, que foi demolido em 2013 e ainda não tem o novo prédio pronto, teve sua gestão entregue pelo prefeito petista Rodrigo Neves à organização social de Saúde Ideias, que recebeu R$ 92,6 milhões para atender crianças em contêineres de lata nos últimos 30 meses. Este mês o contrato foi renovado por mais 18 meses, por R$ 43 milhões. Médicos e enfermeiros estão com o pagamento em dia, mas os funcionários do laboratório, assim como a turma da faxina, estão com sem receber desde o mês passado. Em outubro, o laboratório já havia paralisado a realização de exames clínicos e enfermeiras foram obrigadas pelo instituto gestor do hospital a fazer a coleta de material, mas com pouco pessoal os resultados atrasavam demais. Na foto de Divulgação, o novo hospital prometido para ficar pronto neste semestre, com a obra ainda no “osso”.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu