New here? Register. ×
×

Praias de Niterói estão tomadas pelo lixo que a Clin não recolhe

Escrito por Gilson Monteiro às 18:01 do dia 13 de fevereiro de 2020
Sobre: Ambiente degradado
13fev

lixarada na praia das FlechasAs praias da orla da Baía da Guanabara, em Niterói, estão tomadas pelo lixo. A Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) nada faz e a faixa de areia da Praia das Flechas virou uma lixeira imunda nesta quinta-feira (13/02). Péssima recomendação para o candidato à sucessão do prefeito Rodrigo Neves, o ambientalista Axel Grael.

Na tarde desta quinta-feira (13/02), o leitor Claudio Gabriel filmou a lixarada na Praia das Flechas (veja o vídeo).

O lixo, vão lembrar com presteza os correligionários do ambientalista, vem de despejos ilegais. Tem origem em São Gonçalo, desde a foz do Rio Alcântara; dos canais do Cunha e do Fundão, no Rio; e em maior parte da foz do Rio Iguaçu, na Baixada Fluminense. Mas onde estavam as máquinas tatuí da Clin e os garis para fazer a limpeza da praia?

 

 

 

 

 

 

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

9 thoughts on “Praias de Niterói estão tomadas pelo lixo que a Clin não recolhe

  1. Ah Gilson, na boa, você é muito parcial. Só faz elogio quando é pra galera do seu grupo ou pra sua patota.

    Se você sempre morou em Niterói sabe que as praias da baía ficam imundas desse jeito após dias chuvosos (e coloca nessa conta a população porca, como você bem mencionou). E isso é histórico, como bem lembrou outro leitor aqui nos comentários. Já passamos por vários prefeitos e essa imundice sempre foi assim, não ia ser o Neves que faria milagre.

    E seja honesto: você sabe que a CLIN faz limpeza todos os dias. Pra evitar esse cenário seria preciso ter um posto fixo da companhia de limpeza em cada praia, o que a princípio parece inviável.

    Faça suas críticas com ponderação e reconheça quando tem que reconhecer, não vai te fazer mal.

  2. Vamos dar parte dos problemas do lixo no centro da cidade de Niterói. Implantem o sistema de recolhimento do lixo submerso como existe em Portugal, acredito que grande parte do problema será sanado, principalmente no centro da cidade e em alguns bairros.
    As praias tem que se fazer recolhimento diário.
    Na saída dos rios para a baía de guanabara, contenções de resíduos, efetuando limpeza também. Acho que grande parte solucionaremos.

  3. Moro em um local onde o correio ñ vai o único lazer para as crianças é um campo de futebol que está imundo com água de esgoto e quando chove piora,
    Voto nenhum pro candidato do prefeito de Niterói Bairro caramujo (barteirinha Rua Henrique Farias).

  4. Isso não é verdade! A CLIN trabalha intensamente. O problema são os rios poluídos que deságuam na Baía e trazem toda espécie de lixo, até sofá e cabeceira de cama, como vi ontem sendo recolhidos pelos funcionários da CLIN. Isso é uma publicação maldosa, ou desinformada. Deveria se trabalhar na necessidade de implantação do saneamento e educação ambiental nos municípios em torno da Baía de Guanabara. Só assim podemos pensar na despoluição da nossa Baía de Guanabara que continua linda!!!!!

  5. A Praia de Icaraí também é um lixo só, sem falar na iluminação do calçadão à noite que é uma vergonha. Sem manutenção. E olha que pagamos o IPTU mais caro do país. Só defende este governo, quem “ganha” com ele. Na época da eleição, veremos vários desses bandeirando no calçadão do Praia de Icaraí. Um dia o povo aprende votar.

  6. Não sou apoiador de Rodrigo Neves, mas é preciso ter isenção na análise. Os varredores da Clin estão nas ruas diariamente. Entretanto, nada contém a sanha enlouquecida de nosso mal-educado povo, que parece sentir um prazer incontrolável em ver as ruas cobertas de lixo. Um passeio rápido e atento pelas ruas do Centro, especialmente ao final do dia (todo dia!), e nota-se claramente o descaso que todos nós temos com a cidade. Pedestres, moradores, comerciantes, motoristas, todos emporcalham as ruas, e sempre com o mesmo argumento: “eu pago imposto para quê? Posso jogar o lixo onde eu quiser, que a prefeitura tem a obrigação de vir catar!” O resultado é óbvio: as chuvas carregam o lixo das ruas para a rede pluvial; o que atravessa as tampas dos bueiros vai parar no mar; o que não atravessa, obstrui as tampas e galerias e contribui para o alagamento das ruas. É assim há décadas: entra administração e sai administração, o problema persiste. Eu vim morar em Niterói no final dos anos 70, e isso já acontecia, e com frequência. Durante as gestões de Jorge Roberto Silveira e João Sampaio (os queridinhos da mídia local), o problema também era crônico. Como se vê, ainda que o poder público tenha responsabilidade por definir políticas para tentar minimizar o problema, cabe também à população tomar consciência dos danos que seus atos trazem, e mudar velhas práticas rançosas e medievais. Lixo é nas lixeiras! Sacos de lixo amontoados nas calçadas à noite, prática adorada pelos “civilizadíssimos” moradores dos prédios bonitinhos de classe média da cidade, deveriam ser enquadrados como crime ambiental, e os respectivos condomínios multados pesadamente. Só quando começar a doer no bolso de cada um é que as coisas podem começar a mudar. Parece que a única coisa que esse povo robotizado e embrutecido é capaz de responder é ao apelo do dinheiro.

  7. Axel Grael ambientalista? Piada isso. As praia de Niterói que pertencem a baía de Guanabara, são verdadeiros lixões a céu aberto. A prefeitura nunca fez nada, até parece que agora vão fazer.

  8. Niterói está abandonada, enquanto seu(s) governantes só querem se dar bem, como o dito popular. E o pior, eleger quem possa dar continuidade a bagunça ou melhor roubalheira. Triste Niterói estamos vivendo.

  9. O ‘ambientalista’ Axel Grael sabe que nao ganha e o prefeito Rodrigo “Odorico Paraguaçu” Neves em breve volta para Bangu.

Comments are closed.

Menu