New here? Register. ×
×

Niteroiense lança novo jogo de videogame com 30 horas de duração

Escrito por Gilson Monteiro às 08:41 do dia 1 de julho de 2020
Sobre: Diversão
01jul

Renan BarretoO niteroiense Renan Barreto, que joga videogame desde os cinco anos, acaba de lançar o jogo Last Battle: Order from Caos, que leva 30 horas para terminar com cem por cento do game disponível para computador.

Agora com 32 anos, formado em jornalismo e curso de roteiro de cinema na UFF, começou a desenvolver o jogo em agosto do ano passado. Foram duas mil horas de trabalho para sua conclusão. A trilha musical é do inglês Jonathan Shaw, mestre da University of Surrey, compositor pluralista de trilhas para jogos e filmes.

Resumo do jogo:

Uma missão épica cheia de reviravoltas. Depois da tempestade, vem o CAOS. Siga Dan, um jovem tocado pelo poder das trevas que precisa encontrar a cura para a sua maldição e salvar o mundo da própria humanidade, da força do CAOS, e lidar com o que significa existir e amar alguém.

Renan Barreto, com escritório em Icaraí, é o executivo da Brasil Game Show, maior feira de jogos eletrônicos da América Latina, que reúne 300 mil pessoas, todo mês de outubro, durante os cinco dias do evento no Expo Center Norte, em São Paulo, maior do mundo em quantidade de público.

O craque do vídeo jogo, nesse momento de pandemia, está desenvolvendo mais dois games usando a engine (motor gráfico) Unreal.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Niteroiense lança novo jogo de videogame com 30 horas de duração

  1. Isso é notícia boa? Eis aí uma dica de como viciar seus filhos e mantê-los confinados em casa, protegidos dos “perigos” das ruas, que estão cheias de “lobos-maus”, gastando bem pouco. Só uma perguntinha provocativa: esses games expõem os jovens à violência explícita? Gozado, apologia ao sexo, nem pensar, né? Mais apologia às armas e à violência pode comer solta. Quanta cretinice!

Comments are closed.

Menu