New here? Register. ×
×

Niterói premia apreensão de armas; PMs trocam tiros com bandidos

Escrito por Gilson Monteiro às 18:21 do dia 6 de agosto de 2018
Sobre: Bang-bang
06ago

Horas antes de o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, lançar hoje (06/08) seu plano municipal de segurança pública, que vai pagar R$ 8 mil a policiais por cada fuzil apreendido na cidade, e R$ 3 mil por pistolas, um tiroteio intenso no Morro do Estado, entre PMs e traficantes assustou moradores da comunidade e de prédios próximos no Centro e no Ingá.

Policiais militares do 12° BPM faziam, por volta das 6h da manhã, uma operação no Morro do Estado, mas não há informações sobre prisões ou armas e drogas apreendidas.

Na manhã de domingo, um outro tiroteio também envolvendo PMs e traficantes aconteceu no Morro do Cavalão, na Zona Sul. A Polícia Militar informou que criminosos dispararam contra viaturas do 12º BPM, e que ninguém ficou ferido na troca de tiros. Na hora do confronto, motoristas retornaram pela contramão na Estrada Fróes e o tiroteio foi ouvido por moradores de São Francisco e Icaraí, segundo relatos nas redes sociais.

Prêmio por arma apreendida

Com o Pacto Niterói Contra a Violência a municipalidade deverá gastar mais de R$ 304 milhões nos próximos dois anos em 17 projetos de prevenção, policiamento e Justiça, segundo a prefeitura. E deverá obter diagnósticos montados a partir de pesquisas sobre violência com mais de mil moradores na cidade e análise de indicadores criminais, além da realização de 90 reuniões com técnicos da prefeitura e Forças Armadas, como o Gabinete de Intervenção Federal.

Entre as propostas está premiar policiais por cada arma apreendida das mãos de criminosos. Um fuzil apreendido, por exemplo, renderá um prêmio de R$ 8 mil para o policial que fizer a apreensão. Pistolas e granadas valerão R$ 3 mil, e revólveres R$ 2 mil.

O prefeito nega que esta premiação será como a gratificação faroeste, paga pelo Estado a policiais no passado. Disse que o prêmio somente será entregue se a operação policial não resultar em mortes ou lesões graves.

O plano será encaminhado, por meio de projeto de lei, para ser votado pela Câmara Municipal de Niterói. De acordo com o Instituto de Segurança Pública, órgão de pesquisa da Secretaria Estadual de Segurança, foram registrados 56 homicídios no município no primeiro semestre do ano, cinco a mais do que no mesmo período de 2017. (Com Agência Brasil)

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

3 thoughts on “Niterói premia apreensão de armas; PMs trocam tiros com bandidos

  1. O Prefeito ideal para gestar uma Cidade é aquele que tem seu olhar voltado para o bem estar dos seus cidadãos. Parabéns Rodrigo Neves, pela bela iniciativa.

  2. Como assim: premiar o policial para fazer o que é obrigação dele?
    Então, não seria o caso de premiar o médico por cada vida salva?
    Sinceramente, não entendi este programa.
    Penso que o Alcaide está jogando pra platéia.
    Vamos aguardar para avaliar se este programa vai melhorar a segurança da nossa Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu