New here? Register. ×
×

Mounir Assaf, craque da pneumologia, não resiste ao Covid-19 em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 16:19 do dia 6 de julho de 2020
Sobre: Adeus ao mestre
  • Mounir Assef
06jul

Mounir AssafNiterói perde mais um craque da medicina, o clínico e professor de pneumologia Mounir Assaf. Ele chefiou por mais de duas décadas o CTI do Antônio Pedro, que leva o seu nome. Faleceu no CHN a uma semana de completar 80 anos, por complicações do Covid-19.

O mestre Aloysio de Paula, Mounir Assaf e Luiz Paulo Verbicario criaram as enfermarias, disciplina da Faculdade e o Serviço de Pneumologia do HUAP, que vem prestando um grande serviço à população e formando uma geração de novos pneumologistas.

Outro grande feito de Mounir na companhia do amigo e professor Cristóvão Clemente Rodrigues foi a transformação do Centro de Recuperação Anestésico no novo CTI do Antônio Pedro, que funciona até hoje.

Miguel Aidê, amigo e colega de especialização, disse que o mestre Mounir formou gerações de bons profissionais e que suas aulas magistrais no anfiteatro do Antonio Pedro despertavam  enorme interesse pelo seu conteúdo e informações consistentes.

Figura alegre, além do cabedal médico, era barítono. Não perdia um concerto de música clássica nos teatros do Rio. Nos eventos de doutores sempre exibia  a sua voz forte, animando as festas.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

12 thoughts on “Mounir Assaf, craque da pneumologia, não resiste ao Covid-19 em Niterói

  1. Dr Mounir era daqueles médicos , que através da sua simplicidade ,cumpria honrosamente com sua profissão.

    Fui paciente dele por algum tempo.

    A cada consulta, Dr Mounir estava cantarolando algum trecho especialmente de musica classica. Me parece que tinha um vasto conhecimento e amor à música.

    Sempre o encontrava sorridente.Era muito polido com seus pacientes,não importavaa a idade,condições sociais,etc..

    Soube dessa noticia hoje e lamento profundamente a perda desse profissional

  2. Meus profundos sentimentos aos familiares pela perda de quem cumpriu de forma magnífica a sua missão

  3. Com ELE, junto com outro Mestre Dr.Silvio Lago,muito aprendemos. Ambos não eram radicais em suas especialidades. Nos reuniamos constantemente , apresentava resultados de minhas pesquisas sobre o papel do pulmão na MTC, na acupuntura e nos processos psicossomáticos. Eles avaliavam e oportunizavam outras. Agora foi rever seu amigo Silvio Lago. Q o Pai Celestial conforte nossos corações. AMÉM!

  4. O estado do Rio de Janeiro, perde um grande homem, grande pai de família e excelente pneumologista, nós da família Barros de Conceição de Macabu só temos a agradecer a Deus pelo excelente médico e pedir que conforte os corações dos familiares neste momento de dor por sua partida.

  5. Lamentável, um grande profissional e principalmente, um ser humano diferenciado. Chegou a hora da partida do pneumologista da família, mas seus cuidados e recomendações para nós serão eternos, pois já se vão em nossa quarta geração. Como não lembrar desde a vovó Lenise, as palavras… Dr Mounir falou p fazer assim. Tem que ser o tratamento conforme Mounir falou. E assim se passou anos de profissionalismo e amizade entre as famílias.
    Ah, não poderia deixar de relatar a cena que mais vem em mente, quando o via em nossa cidade do interior (Conceição de Macabu) passeando com seu cachorrinho. Sua missão foi cumprida.Paz !!!

  6. Médico da minha mãe que sofreu muito com bronquite e se tornou médico de toda a minha família.
    Profissional competente e deixa um grande legado na medicina.
    Saudades

  7. Grande amigo, grande médico, grande chefe de CTI do Huap em minhas duas gestões como diretor, assim como de outros que se seguiram. E era um bom barítono, quase profissional.

    Lembro um fato curioso. Na minha primeira posse como Diretor do Huap, em 1984, anfiteatro Argemiro lotado. O Reitor Raymundo Romeo decidiu perguntar se alguém queria fazer uso da palavra. Vários professores se apresentaram. Mounir tb. Mas quando chegou sua vez disse que não faria discurso. E cantou Mattinata em minha homenagem. Foi aplaudidíssimo.
    Rendo minhas homenagens a essa pessoa fantástica e que orgulha a classe e seus familiares.

  8. Pôxá, que triste! Foi médico do meu filho, muito carismático. Uma excelente pessoa, e um grande médico, muito atencioso. Grande perda!!!

  9. Agradeço a Deus e a ele por ter tratado e curado a minha filha.
    Lamento a perda, meus sentimentos a família!!

  10. Lamento profundamente!!!
    Um vizinho muito querido e um médico excepcional.
    Excelente pessoa, sempre alegre e bem humorado.
    Meus sentimentos!!!
    Que Deus conforte familiares e amigos!

    1. Lamento profundamente!!!
      Um vizinho muito querido e um médico excepcional.
      Excelente pessoa, sempre alegre e bem humorado.
      Meus sentimentos!!!
      Que Deus conforte familiares e amigos!

Comments are closed.

Menu