New here? Register. ×
×

Morador de rua só vai para hotel da prefeitura se puder levar cachorro

Escrito por Gilson Monteiro às 13:38 do dia 27 de julho de 2020
Sobre: Melhor amigo
27jul

Ele prefere continuar dormindo na rua do que abandonar seu cachorro e se hospedar num hotel do Centro ou do Ingá, arrendados pela Prefeitura de Niterói.

Fábio de Jesus, catador de ferro velho e latas, que dorme há oito anos com a mulher na calçada da Avenida Amaral Peixoto, diz que há dois anos conheceu Pirulito. Ele fala emocionado que só a morte vai separá-lo do cão que considera como melhor amigo.

— Não sei a sua raça, mas sei de suas qualidades. Ele tem um olhar de preocupação com a gente. Está sempre junto e atento, latindo quando alguém se aproxima, além de dormir ao nosso lado – diz Fábio de Jesus.

O catador de latas diz que o que ganha não dá para alugar uma casa. “Mas um dia, quem sabe, nós três vamos ter onde morar.

O casal divide as refeições com Pirulito, que aguarda pacientemente a chegada da quentinha fornecida por pessoas caridosas.

Pirulito recebe sempre à noite a visita de Louro, cachorro do morador de rua vizinho.

Melhor sorte teve outro morador de rua. Sua cadela Nina o acompanhou até o Hotel São Francisco de Icaraí, no Ingá, dormindo a primeira noite na porta. Mas depois foi autorizada por uma assistente social da Prefeitura a se hospedar com seu dono, com direito a alimentação.

Mais de R$ 3 milhões por 150 vagas em hotéis

A Prefeitura de Niterói está gastando R$ 3,258 milhões com o aluguel de dois pequenos hotéis, um no Centro e outro no Ingá, para abrigar a população em situação de rua. Mas a ação não consegue abrigar a todos os necessitados nem os proteger do Covid-19. São apenas 150 pessoas a serem atendidas ao todo.

Os contratos têm a duração de seis meses, mas o que se vê é muita gente ainda vivendo ao abandonadas nas calçadas do Centro e de Icaraí, assistidas pelo trabalho voluntário de muita gente solidária que, sem nenhuma marquetagem, distribui lanches, sopas e cobertores aos moradores de rua.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Morador de rua só vai para hotel da prefeitura se puder levar cachorro

  1. Aqui no Inga no muro da encosta da praia na subida do MAC formou-se um verdadeiro lixão a céu aberto com diversas pessoas fumando crack, maconha fazendo sexo , se masturbando, uma verdadeira Cracolândia na area onde se paga o IPTU mais caro do Brasil e a Prefeitura nada faz.

Comments are closed.

Menu