New here? Register. ×
×

Guilherme Eurico, craque da cirurgia conta sua história de vida em livro

Escrito por Gilson Monteiro às 10:53 do dia 28 de setembro de 2019
Sobre: Bamba do bisturi
28set
Com 1,82m de altura, olhos verdes, jaleco branco engomado, quando chegava ao hospital chamava atenção pelo porte atlético e o sorriso arrebatador, além do papo alegre e descontraído, dizem as colegas que foram suas residentes.

Em um congresso em Portugal, acompanha Ellen de Lima ao violão depois que o piano elétrico do músico falhou

Guilherme Eurico Bastos da Cunha, símbolo da cirurgia geral fluminense, às vésperas de completar 85 anos, com sua vasta cabeleira branca e, agora, com uma inseparável bengala, escreveu “A Cirurgia que eu vivi”. Em 264 páginas, conta as várias fases e facetas de sua agitada vida familiar, médica, social, esportiva e musical. O lançamento do livro será dia 23 de outubro, às 18h, na Academia Fluminense de Medicina.

O avô materno, clínico Eurico Gonçalves Bastos, foi sua inspiração de vida e de carreira médica. Dele recebeu um vaticínio: “Você que é disciplinado e tem habilidade manual, vai ser um bom cirurgião”.

Guilherme, nasceu no Fonseca, estudou no Colégio Brasil até os 18 anos, quando ingressou na Faculdade de Medicina Fluminense em 1953.

O craque da cirurgia, logo no primeiro ano, fez estágio voluntário na Clínica Almir Guimarães, onde através de pequenos procedimentos, antecipou experiências que lhe prepararam cedo, para as outras etapas da profissão, até chegar à formatura em 1958.

Conta que conviveu ao longo da vida com grandes expressões da medicina de várias especialidades, aprendendo muito e podendo transmitir seus conhecimentos, para mais de 700 residentes, durante os 30 anos que chefiou a emergência do Hospital Orêncio de Freitas.

— Esses médicos, saíram daqui bem preparados e incentivados a ter um bom relacionamento com o paciente e seus familiares, o que considero importante na nossa profissão. Tive uma enorme frustração quando o governo federal transferiu esse hospital do Ministério da Saúde para a Prefeitura de Niterói, passando a sofrer com a escassez de verbas e funcionando graças à abnegação de seus médicos e funcionários – critica o cirurgião.

Guilherme Eurico diz estar “triste em ver que hoje, infelizmente, a medicina em Niterói só funciona para os doentes que têm plano ou seguro saúde”. Mas se considera feliz “por ter em toda a carreira tratado o doente que confiou em mim, que com dignidade me esforçava para que ele recebesse o melhor que poderíamos dar”.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

33 thoughts on “Guilherme Eurico, craque da cirurgia conta sua história de vida em livro

  1. Esse nome deveria ser de uma grande praça em Niterói… pelos seus ensinamentos se espalharam médicos de nome e renome em todo o Brasil. Foi um Pai para mim, sendo rígido quando foi preciso e carinhoso quando a gente precisava! É admirado por todos que conviveram com ele, muito importante na minha vida profissional de médico e pessoal… por isso meu filho leva meu nome com o dele .. uma homenagem inimaginável por muitos .. João Guilherme tem seu nome e segue nossos passos na Cirurgia Grral em Belo Horizonte👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  2. Neste ano completo 40 anos de Medicina e, ao tomar conhecimento do lançamento do livro do Professor Guilherme, voltei no tempo em minhas memórias e lá estão vivas as lembranças, não só de seus ensinamentos; mas, também, se suas histórias e “casos”, não raramente, sempre interessantes e que cativavam a atenção e o respeito de todos. Eis mais uma pessoa que está em minhas orações diárias em agradecimento eterno à minha formação profissional e pessoal.
    Professor Guilherme muito obrigado!

  3. Grande.

    Dr. Guillherme Eurico é com muita alegria que recordo o grande favor que me prestou me operando de visicula de graça no hospital Santa Cruz . Na época a sua assistente era Dra. Sandra, pessoa muita dedicada também e atenciosa. Agradeço de coração sua atenção! Parabéns pelo excelente cirurgião e pessoa que és!

  4. Uma grande figura humana e profissional, a qual passei a conhecer e admirar em razão de que tenho um cirurgião na família que sempre fez parte de sua equipe e que o idolatra, fato que também eu passei a fazer após conhecer sua carreira como cidadão e grande e humano cirurgião!

  5. Meu querido mestre lembro do natal de 1974 num plantão no Orencio de Fretas em que meu pai nos foi levar uma seis de Natal e você o recebeu na porta do hospital ,como sempre tão caloroso como sempre foi com todos que que te abordam,sempre muito espirituoso,logo conquistou a admiração do meu pai !ao chegar em casa meu pai logo me abordou com a frase:este é o mestre que vc terá que seguir!junto com a segunda turma de residentes do Orencio continuamos referencialo como nosso mestre maior.Temos muito orgulho de ter convivido com este baluarte que nos ensinou além das melhores técnicas cirúrgica principalmente a termos um olhar humanista .

  6. Inesquecível Mestre e Educador. Faz história por onde passa. Tem o reconhecimento da Faculdade de Medicina de Campos onde é Professor Emérito e por anos, junto com um time de notáveis, praticou e ensinou o melhor da CIRURGIA.
    Deus te acompanhe Dr. Guilherme Eurico.
    Receba a gratidão da Turma de 1976 da FMC.
    Luiz Clovis Parente Soares.
    Vice-Diretor da FMC

  7. Mestre dos mestres. Fui aluno em 1978 na Faculdade de Medicina de Campos dos Goitacazes . Sempre que encontrávamos me imitava fazendo a prova oral com ele. Depois da prova, me deu uma carona para o Rio e me pagou uma picanha na estrada. Almoçamos juntos. Figuraço. Saudades.vamos comemorar os 40 anos em novembro. Com certeza vamos lembrar dele. Um abraço.

  8. Grande mestre , saudades de suas aulas , ministradas na Faculdade de Medicina de Campos dos Goytacazes, no ano de 1978 ! Deus te guie e proteja .

  9. Professor Doutor Guilherme Eurico (o Mestre dos Mestres )o meu muito obrigado pelos seus ensinamentos

  10. Professor Doutor Guilherme Eurico para mim foi uma honra tê-lo como meu professor e mais tarde como amigo,certamente esse livro será um sucesso como foi e ainda é a sua carreira de médico,forte abraço

  11. Com médico fez seu sucesso incontestável .
    Como pessoa também clara definida com comportamento de muitos amigos ,a admirado.
    Como PROFESSOR foi durante toda a sua docência o grande divisor entre estudante em estado bruto e o médico lapidado com suas obrigações, do conhecimento da ética. Era a grande virada na vida estudantil.
    Sua aprovação fazia brotar os primeiros sentimentos nobres desta linda profissão.
    Parabens

  12. O adjetivo que mais se utiliza com referência ao Professor, Dr.Guilherme Eurico Bastos da Cunha, é a palavra GRANDE! Todos que têm e/ou tiveram o privilégio de conviver/conhecer esta figura IMPAR, não têm dúvidas de reconhecer a sua imensa GRANDEZA, como médico, professor, chefe/diretor/coordenador, pai, avô, companheiro/amigo, enfim, em tudo que participou/participa até os dias atuais!
    UM EXEMPLO DE VIDA!!!

  13. Prof. Guilherme Eurico Bastos Da Cunha.
    Grande Professor e Amigo.
    Amigo também do meu chefe de Endoscopia Digestiva, do Hospital Cochin, da Universidade de Paris.
    Eu trabalhava No H. Cochin com meu mestre no Serviço de Cirurgia do Prof.Lucien Leger, um papa da cirurgia, com ideias muito avançadas.
    Lá conheci um grande mestre, Professor Guilherme Eurico, que me convidou para trabalhar como endoscopia no seu serviço.
    Nos tornamos grandes amigos e a história é muito longa neste relacionamento pessoal e profissional.
    O que posso escrever?
    O Grande Mestre Guilherme Eurico é um raro exemplo de pessoa humanitária e um cirurgião e amigo exemplar.
    Fica aqui meus melhores sentimentos.
    Marcos Bastos da Silva.

  14. O meu relacionamento com o Prof Guilherme Eurico começou em 1972, quando fazia um Pré Vestibular de Medicina e meu irmão sofreu um grave acidente e felizmente foi para o Hospital Antônio Pedro e Dr Guilherme Eurico o salvou. Entrei para a UFF em 1973 e ainda com a cabeça raspada o procurei no Hospital Santa Cruz e quando bati na porta do consultório , uma voz respondeu «  between », eu tremi, mas entrei, e assim foram 7 anos de convivência , onde além de cirurgia aprendi o mais importante no relacionamento médico – paciente. Não era o paciente da úlcera , da apendicite, do câncer de colo, do leito 7. Paciente tinha NOME E SOBRENOME., tinha família . Sou o que sou, devido ao Dr. Guilherme Eurico, obrigado

    1. Muito obrigado pelas palavras carinhosas. Aproveito para informar que tivemos que antecipar a data do lançamento do livro para o dia 23 de outubro, às 18:00h, na Associação Médica Fluminense, na Av. Roberto Silveira 123.

  15. Dr. Guilherme Eurico, agradeço por ter tido o privilégio de ser um dos seus residentes no Hospital Orêncio de Freitas, etapa fundamental de minha vida médica.

  16. Existe uma grande diferença entre ser médico e ser formado em medicina.O mestre e amigo Guilherme Eurico eh uma das grandes referencias para seus ex discipulos , colegas e principalmente para oa milhares de pacientes que Deus permitiu que fossem atendidos por um verdadeiro MEDICO. Parabens Dr Guilherme

  17. Guilherme Eurico, um excelente médico,cirurgião Geral professor de cirurgia da UFF e chefe de cirurgia do Hospital Orêmcio de Freitas, responsável pela formação de muitos médicos cirurgiões ,hoje com atuação profissional em vários locais deste país ,mostra a sua autobiografia em forma de livro e com foco na sua atuação na Medicina de Niterói. Espero poder compartilhar deste momento tão importante que ficará para a memória da medicina Nitroiense ,na Academia Fluminense de Medicina ,no dia do seu lançamento .

  18. Um dia pela manhã me deparei com meu filho sentido fortes dores abdominais. Desesperada e sem saber o que fazer, liguei imediatamente para o Dr Guilherme, que foi me fazendo varias perguntas… Local que doía, tempo, sintomas como náuseas, febre, vômitos. Durante a conversa por celular meu filho teve uma ânsia de vômito, foi aí que Dr Guilherme me pediu para ir com ele direto para o Santa Cruz que ele já estava indo pra lá, mas que teria que ligar para o Dr Edgard Cirurgião Pediátrico, pois se fosse caso de cirurgia o Dr Edgard que iria fazer. Chegando ao hospital só em vê-lo ele diagnosticou apendicite. Cirurgia já! Gostaria muito que os jovens médicos de hoje se inspirassem em médicos renomados como Dr Eurico, pois se isso não acontecer não sei o que será das futuras gerações.

  19. Um abraço afetuoso à aquele que me encaminhou no início da minha carreira em Londrina para dois grandes médicos, Luiz Carlos Coelho Neto Geolas ( Joào Lage) e Jonas de Faria Castro Filho, ambos, de grande nome.
    Sempre grato por tudo e sobretudo pela amizade.
    Parabéns e Abraços, Adir Amado Henriques Júnior

  20. Meu amigo dos velhos tempos de Colégio Brazil meus parabéns pelo exemplo de médico que sempre fostes. Gostaria de poder retribuir tudo que por mim fizeste, Em amizade companheirismo, terás para sempre minha gratidão .

  21. Amo o Dr Guilherme Eurico. Operei de emergência a vesícula, e o carinho que recebi foi muito. Morava no mesmo prédio do Dês Hermano Duncam e Ieda , e a primeira e única crise foi pela madrugada, tinha filhos pequenos, não o conhecia, foi qdo o Dr Hermano ligou pra ele é foi imediatamente para a Beneficência em Niterói. Ao chegar viu a ultrassom e disse? Centro cirúrgico, rápido, e daí em diante fiquei agradecida per toda minha vida! Comprarei o livro. Deus o abençoe! Sueli

  22. Certamente será um grande depoimento que registra a memória da Medicina e da Cirurgia, em Niterói e no Brasil. O professor Guilherme Eurico tem muito para contar. E todos sabem que um grande contador de histórias. Eu estarei lá.

  23. Guilherme Eurico patrimônio de Niterói e dos Amigos .
    Espero , ansiosamente, por este livro que certamente será
    uma bola de três . Foi um bom jogador de basquete e
    foi a São Jorge (usa ) num memorável campeonato de
    basquete veterano com outros Niteroienses Fernando
    Pereira Freitas , Baranovisky ,Guguta entre outros queridos jogadores .promover os bons é dever dos bons .parabens Gilson
    ISO

    1. Quando a competência e retidão no exercício profissional se une a um caráter fraterno e digno, o resultado é: GUILHERME EURICO.

Comments are closed.

Menu