New here? Register. ×
×

Fotógrafo clica flores e plantas para dar colorido ao confinamento social

Escrito por Gilberto Fontes às 05:54 do dia 16 de abril de 2020
Sobre: Pulsar da natureza
16abr

O designer digital e fotógrafo Stefano Figalo, cumprindo isolamento social compulsório determinado pelo Estado e prefeituras fluminenses, acaba de produzir uma série de fotos de flores e plantas feitas em um jardim de Miguel Pereira (RJ), cidade onde está retido pelo bloqueio de estradas, longe de sua casa.

– O jardim é um lugar de conviver e pulsar com outras vidas. Em meio ao caos da quarentena encontrei refúgio nos canteiros de uma casa no bairro Alegria, em Miguel Pereira, para criar a série Imagens de Cor – Natureza. As fotografias são montadas em quadros, ideais para quem estiver precisando de uma “janela” colorindo seu ambiente no confinamento social – diz Stefano Figalo.

Morador de Jacarepaguá e com trabalhos realizados no Rio e em Niterói, o artista chegou a Miguel Pereira no meio de março para ministrar um curso de fotografia. Acabou retido na cidade, sendo hospedado na casa de amigos, diante do bloqueio de estradas intermunicipais determinado pelas prefeituras fluminenses.

As fotografias são impressas em papel Canson Matte e montadas em molduras de madeira (com ou sem paspatur) em diversos tamanhos. Podem ser adquiridas pelo site https://stefanofigalo.com/quadros-para-decorar  e são entregues via Correios (PAC ou Sedex).

Leia também:

Sharing is caring

Gilberto Fontes
Gilberto Fontes
Repórter do cotidiano iniciou na Tribuna da Imprensa, depois atuou nos jornais O Dia, O Fluminense (onde foi chefe de reportagem e editor), Jornal do Brasil e O Globo (como editor da Rio e dos Jornais de Bairro). É autor do livro “50 anos de vida – Uma história de amor” (sobre a Pestalozzi), além de editar livros de outros autores da cidade.
|
Menu