New here? Register. ×
×

Flanelinha oferece Cartão Idoso

Escrito por Gilson Monteiro às 17:32 do dia 20 de junho de 2017
Sobre: Deixa solto
20jun

A que ponto chegou a ousadia dos flanelinhas em Niterói. Um senhor ao parar o carro na vaga reservada a idosos na Avenida Ary Parreiras, em frente ao Restaurante La Mole, foi abordado por um homem que logo lhe foi oferendo o cartão especial fornecido pela Prefeitura para motoristas maiores de 60 anos de idade estacionar em vaga cativa. Ainda teve a cara de pau de dizer que também tinha cartão para a vaga de deficiente, garantindo que com o papeluch ninguém incomodaria o ‘freguês’, que nenhum agente de trânsito iria multa-lo.

Estacionar em vagas de idosos ou deficientes sem a autorização necessária é infração grave (cinco pontos) sujeita à multa de R$ 195,23, segundo o Código de Trânsito Brasileiro.

O cartão criado pela prefeitura em 2009 é um documento que autoriza o idoso a ocupação de vagas de estacionamento sinalizadas com a legenda “Idoso” nas ruas e também em estabelecimentos particulares que reservem vagas para este fim. A gratuidade, porém, é assegurada somente nos estacionamentos públicos.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

One thought on “Flanelinha oferece Cartão Idoso

  1. Que pilantragem conjunta. Hipocrisia ao extremo.
    O idoso tem que provar que é idoso. Mesmo com cabeça cheia de cabelos grisalhos e portando uma carteira de identidade pode ser multado.
    Tem de se humilhar, declarar o óbvio, em algum órgão da prefeitura, para conseguir um cartão pra poder estacionar sem ser multado ou alvo de deboche.
    Uma vergonha essa invenção de cartão obrigatório. Tem prefeitura que nem dá o tal cartão, e aí como fica?

Comments are closed.

Menu