New here? Register. ×
×

Febre de farmácias pode fazer Moreira César deixar de ser point da moda

Escrito por Gilson Monteiro às 10:39 do dia 21 de julho de 2020
Sobre: Mais três
  • Febre de farmácias na Moreira Cesar
21jul

Febre de farmácias na Moreira CesarCom a inauguração de mais três farmácias, a Moreira Cesar passa a ser o endereço de 14 delas. Lojistas estão preocupados com essa tendência comercial, que está descaracterizando a rua de Icaraí como point da moda.

A pandemia do coronavirus já causou o fim de dezenas de lojas de vestuário e acessórios, desde quando foram obrigadas por decreto municipal a fechar para garantir o isolamento social.

Com a Ocean Farma onde havia o restaurante Beco Sem Saída, a Tamoio que inaugurou no lugar do salão Werner e vai abrir outra no lugar da loja Opção, faz com que a Moreira Cesar se iguale à Gavião Peixoto, que também tem 14 cada drogarias, sem contar com as farmácias de manipulação.

A Moreira César e a Gavião Peixoto são ruas com os mais altos aluguéis e luvas da cidade.

A Organização Mundial de Saúde recomenda uma farmácia para cada 8 mil habitantes. Para atender a população de 513 mil niteroienses, 64 seriam suficientes. Já são cerca de 300 ocupando esquinas e ruas principais em cada bairro de Niterói.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

2 thoughts on “Febre de farmácias pode fazer Moreira César deixar de ser point da moda

  1. Isso preocupa mesmo. Acho que todos já estávamos intrigados ! Avenda funciona assim: uma caixa custa R$66,00 .Se você levar três sai por R$22 cada. Pode?E a gente leva. ???Antigamente se dizia pra abrir uma Igreja; agora, se diz abre uma farmácia!

  2. Essa busca pela cura eterna massacra qualquer empreendimento, atropela e escancara nossa pobreza cultural. Grandescidades são conhecidas pela inflação de livrarias, dos sebos antológicos ás performáticas bibliotecas e não pelas sorumbáticas mercais de remédios. Confiava mais nas boticas de Antão. Kkkk Pauta muito oportuna é bem escrita. Parabéns pela luta incansável pelo nosso patrimônio material ou não. Todo dia unanimidade.

Comments are closed.

Menu