New here? Register. ×
×

Faixa-preta niteroiense conquista mundial de jiu-jitsu nas Arábias

Escrito por Gilson Monteiro às 10:37 do dia 28 de novembro de 2019
Sobre: Treinador campeão
  • Sid Jacintho e o príncipe Sheikh Mohammed Bin Zayed Bin Sultan Al Nahyan,
28nov

Sid Jacintho e o príncipe Sheikh Mohammed Bin Zayed Bin Sultan Al Nahyan,O faixa-preta Sid Jacintho é um niteroiense das Arábias. Em 2007 foi convidado a ministrar aulas de jiu-jitsu e defesa pessoal nos Emirados Árabes. Logo teve o privilégio de ser escolhido como professor de Sua Alteza Real Sheikh Mohammed Bin Zayed Bin Sultan  Al Nahyan, príncipe da Coroa de Abu Dhabi e comandante Maior das Forças Armadas dos Emirados Árabes Unidos.

Esta semana, o príncipe homenageou no Palácio Real da Praia as equipes dos Emirados Árabes Unidos que conquistaram o primeiro lugar em todas as idades, no Mundial da Federação Internacional de Jiu-jitsu, realizado em Abu Dhabi. Na ocasião felicitou Sid Jacintho (foto), por seu incansável trabalho naquele país.

Há doze anos nos Emirados Árabes

O niteroiense criado em São Domingos, ex-aluno do Abel, formou-se em Direito na Universo, mas quis seguir carreira no jiu-jitsu, esporte em que começou aos 15 anos na Academia de Luiz Paulo. Aos 19 anos foi se aperfeiçoar com o mestre Fabrício Martins, em Copacabana, sendo graduado faixa-preta em 2002.

Há doze anos naquele país, Sid Jacintho é figura conhecida no meio esportivo, é membro do Comitê do Time Nacional dos Emirados Árabes, consultor da Federação do País e da Empresa Palms Sports, que contrata e administra os professores.

Tatiana Oliveira, a esposa de Sid Jacintho é faixa-preta e professora exclusiva da família Real.

Outros dois niteroienses, Ramon Lemos, do Barreto, e Eduardo Belluomini, de Santa Rosa, estavam presentes na imponente solenidade, pois ajudaram os times a conquistar o título.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

5 thoughts on “Faixa-preta niteroiense conquista mundial de jiu-jitsu nas Arábias

  1. Meus parabéns Cid tenho história de qnd veio aqui em friburgo com nasal num campeonato de jiu jitsu e me entregou a medalha de 2° lugar o meu primeiro campeonato.
    Osss
    *Como faço pra fzr a entrevista pra dar aula aew mestre.

  2. Querido Gilson,
    Muito obrigado pelo carinho e lembrança mais uma vez. Ser lembrado por um ícone do jornalismo brasileiro como você é uma honra.
    Obrigado e que o nosso bom Deus esteja sempre contigo e família.
    Abraço fraterno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu