New here? Register. ×
×

Dono do Bar Decolores é morto por ladrões em outro bar na Ponta d’Areia

Escrito por Gilson Monteiro às 11:24 do dia 4 de setembro de 2019
Sobre: Portugal Pequeno chora
04set

Muito querido pelos fregueses e amigos, Marcelo Conceição tirava muitas ‘selfies’ com todos

Terminou a tranquilidade no último lugar de Niterói onde ainda se pensava haver segurança, a Ponta D’Areia. O empresário Marcelo Conceição da Silva Alves, 48 anos, conhecido como Marcelo Batata, dono do restaurante Decolores (Bar do Bacalhau), foi assassinado a tiros, na madrugada desta quarta-feira (04/09). Ele participava de um encontro com a esposa e amigos em um bar perto de sua casa, na Ladeira Major Rocha, quando dois homens entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto.

Depois de roubarem uma moto e celulares das vítimas, os ladrões atiraram contra o comerciante. A motocicleta de Marcelo, uma Honda PCX 150, foi recuperada na manhã desta quarta-feira (04/09) no Ponto Cem Reis, a cerca de dois quilômetros do local do crime.

Pouco antes da chegada dos assaltantes, a roda de amigos discutia sobre violência quando Marcelo interrompeu para dizer que a Ponta D’Areia era o bairro mais tranquilo de Niterói, porque ali não tinha tráfico de drogas e que sua gente era trabalhadora, que todos podiam ficar ali tranquilos até de madrugada.

— Os moradores da Ponta D’Areia estão chocados com esse lamentável acontecimento próximo do local onde vai ser rodada a novela Amor de Mãe – lembrou o barbeiro Adilson Rosa, que é diretor da Banda Portuguesa. No salão do clube vai ser realizado o velório de Marcelo, hoje, a partir das 16h.

Na Rua Barão de Mauá, no Portugal Pequeno, o Decolores, bar e restaurante especializado em peixes e bacalhau, está fechado hoje. Na porta, amigos e vizinhos lembravam que Marcelo gostava de ir para cozinha preparar os pratos servidos a la carte, e que nos intervalos brindava com os fregueses. A arte da cozinha ele aprendeu com o tio, o português Fernando, que lhe ensinou a fazer bacalhau assado e frito, pratos elogiadíssimos por todos os clientes. A sardinha feita por ele também era inigualável.

O médico Pietro Accetta, que já foi diretor do Hospital Antonio Pedro, disse que devido à tranquilidade de Portugal Pequeno e à qualidade do restaurante Decolores, ele e uma turma de médicos realizava lá seu almoço mensal, sempre elogiando os pratos preparados por Marcelo.

O caso está sendo apurado pela Divisão de Homicídios de Niterói, Itaboraí e São Gonçalo (DHNISG).

 

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

3 thoughts on “Dono do Bar Decolores é morto por ladrões em outro bar na Ponta d’Areia

  1. Acho que está na hora de colocar esses bandidos nos seus devidos lugares, cemitério e prisão.
    Chega!! Intolerância total…
    Niterói para os cidadãos de bem de novo!
    Precisamos de paz, de segurança e da liberdade de ir e vir nas nossas vidas, casas, ruas, escolas e lugares públicos.

  2. E você, Gilson, elogiou há pouco o restaurante DeColores !… Fim da picada ! Violência fora de contrôle !

Comments are closed.

Menu