New here? Register. ×
×

Clube da Cachaça reúne mulheres para conhecerem como manter belos sorrisos

Escrito por Gilson Monteiro às 11:20 do dia 13 de setembro de 2019
Sobre: Harmonização orofacial
13set

Cacau Dias, de pé, coordena os encontros do Clube da Cachaça, que reúne o público feminino no Noi

A harmonização orofacial, ou odontologia estética atualmente em voga principalmente entre o público feminino, vai ser abordada pelo cirurgião-dentista Eduardo Picanço na reunião de 26 de setembro, às 19h, do Clube da Cachaça, que reúne um grupo de 50 mulheres em bate-papos com especialistas no restaurante Noi de São Francisco, sempre acompanhados de uma cachacinha harmonizada com pratos especiais.

Criada pela produtora Cacau Dias, a iniciativa tem como objetivo reunir um grupo de mulheres para conversar, fazer novas amizades e beber um destilado de qualidade. Tudo isso regado com muita informação. Na próxima edição do Clube da Cachaça, o cirurgião-dentista Eduardo Picanço, especialista em harmonização orofacial, vai falar sobre a importância de envelhecer com dignidade, utilizando-se de técnicas que garantem eficácia no tratamento.

Chefe do Instituto Brasileiro de Implantodontia, ele prioriza a explicação detalhada do tratamento e os resultados que devem ser esperados. Preocupado em ter uma visão holística da paciente, o especialista defende a necessidade de uma conversa atenta para entender quais são as expectativas reais daquela pessoa. Além disso é importante explicar os procedimentos aos quais ela irá se submeter, sobretudo, quanto aos resultados esperados. Conforme dentista explica “muitas vezes o problema não é a boca, mas a não aceitação dessa paciente por algum problema no seu dia a dia”.

Para corrigir algumas imperfeições que acabam afetando o resultado estético não apenas do sorriso, mas do equilíbrio estético e funcional da face, dentre os procedimentos a serem realizados estão a aplicação de toxina botulínica, ácido hialurônico e até a bichectomia (cirurgia estética que consiste na remoção da “Bola de Bichat”, porção de gordura que vai da região próxima aos olhos até as bochechas”

Com relação à faixa etária ideal para se submeter a qualquer tipo de tratamento para a harmonização orofacial, Eduardo Picanço diz que deve ser iniciado aos 25 anos de idade. Porém, é a partir dos 35 anos que a atenção precisa ser redobrada devido ao processo natural de envelhecimento. “A harmonização orofacial foi criada para proporcionar que as pessoas envelheçam com dignidade. A ideia é frear os valores cumulativos relacionados a stress e outros fatores desencadeantes”, explicou.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu