New here? Register. ×
×

Caneco Gelado do Mário, tradição que completa 50 anos em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 19:39 do dia 18 de novembro de 2019
Sobre: História de sucesso
  • Mário do Caneco Gelado
18nov

Mário do Caneco GeladoHá cinquenta anos ele chega junto com os peixes, que vêm direto do barco para sua cozinha, examina um por um, verifica se a escama está com brilho e os olhos transparentes. Pega uma faca afiada e começa a limpeza e o corte do pescado, cuidando também das lulas, polvos, lagostas, cavaquinhas, siris e camarões. Só deixa a cozinha à meia noite, quando fecha o restaurante na Rua Marquês de Caxias.

O nome dele é Mário Martins Ribeiro Carvalho, 77 anos, que vai ser homenageado dia 22 de novembro, com uma missa de Ação de Graças na igreja Nossa Senhora de Fátima, às 11 horas, pelo cinquentenário do “Caneco Gelado do Mário”, bar e restaurante que comanda e é o chef.

História de garra e sacrifícios

Nasceu em Fafe, distrito de Braga, Norte de Portugal. Lá cuidava de ovelhas quando, em 1953, seus pais vieram para o Rio. A família foi morar no Morro da Providência. Ainda menino, com 12 anos, foi ser lavador de pratos no restaurante Arouca, em Copacabana, trabalhando em pé encima de uma caixa de coca-cola, para conseguir alcançar a altura da pia.

Depois, passou a ajudante e logo foi promovido a garçom da Churrascaria Jardim, no mesmo bairro da Zona Sul do Rio.

Em 1969, atravessou a baía e abriu a lanchonete Rio-Niterói, na Marquês de Caxias. Servia pizzas, petiscos e suco de laranja.

Quando lançaram no comércio canecos de alumínio feitos em São Paulo, Mário foi no Ponto Frio e comprou 40. Ele colocava os canecos na geladeira para servir a cerveja também bem gelada.

O sucesso foi tão grande que os fregueses já chegavam ao bar pedindo um caneco gelado. Em  sua maioria, eram funcionários de estaleiros que vinham no final da tarde beber uma cerveja.

Bombou tanto, que deu para ele comprar financiada a primeira loja. E logo resolveu mudar o nome do estabelecimento para Caneco Gelado do Mário, que esta semana completa 50 anos.

O que ele gosta mesmo é de colocar o avental branco e ficar pilotando as enormes frigideiras e panelas, com receitas criadas por ele. Depois percorre as mesas para ver se os fregueses estão satisfeitos.

Dá uma dica: o peixe não tem que ter tempero nenhum além do sal, para manter o sabor. A não ser que o freguês peça um molho. Outra recomendação é quando fritar, o óleo tem que estar bem quente.

O melhor pescado é o cherne e a sardinha, uma boa opção ao alcance de todos.

Tem como hobby tocar gaita e assobiar. Gostaria de ter mais tempo para dedicar-se à música. Na folga, aos domingos, costuma ir a um dos trailers na Zona Sul beber uma cervejinha e ficar apreciando a vista maravilhosa da cidade. De entrada, os imperdíveis bolinhos de bacalhau ou pastéis de siri e de camarão, que vêm junto com o sorriso arrebatador do Mário, são bênçãos da terra de Araribóia.

Mário merece muitas orações para que permaneça por muitos e muitos anos. Estaremos na igreja do bairro de Fátima. Parabéns!

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

16 thoughts on “Caneco Gelado do Mário, tradição que completa 50 anos em Niterói

  1. Parabéns seu Mário, sempre que posso passo no seu estabelecimento para comer aquele bolinho de bacalhau com a minha irmã. Amanhã é dia. Sucesso sempre!

    1. Que maravilha! Já fui no restaurante e com meu filho que mira aí e adirei! Parabéns para ele e equipe e muita saúde e sucesso!!

      1. Parabéns Sr. Mário trabalhei durante anos aí ao lado do restaurante. Deus abençoe sempre o senhor com muita saúde. Um grande abraço!

  2. Parabéns 👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻 . Tenho muuuita admiração por ele,apesar de não conhecê-lo pessoalmente,pois trabalho no mesmo ramo em Maricá.

  3. A massa pronta de bolinho de bacalhau do Caneco Gelado do Mário, é disputada nas vésperas do Natal, se for deixar para buscar depois das 16/17hs, corre o grande risco de não ter mais. Presença certa em muitas mesas!

  4. Sem palavras para o capricho com sua gastronomia e o ambiente extremamente agradável com que brinda seus clientes. Já fiquei horas observando a analise de cada frasco de azeite, os melhores ingredientes e a qualidade do pescado. Ninguém perde tempo oferecendo produtos sem qualidade ao Mário. Amo você e sua família, meu hour concour!

  5. O atendimento e a comida realmente não tem o que se discutir, mas peça para colocar seu celular ou o notebook para carregar pra terminar um trabalho ou fazer uma ligação importante que ouvirá um sonoro não!!!!
    Hahahaha

  6. Amo bolinhos de bacalhau sou uma admiradora do Mario sempre que posso vou comer um bolinha e um pasteizinhos que mais admiro no Mario é a sua garra um vencedor parabéns!!!

  7. Esse caneco do Mário é muito maravilhoso! Sempre vamos lá toda minha família adorar. Dr. Mário como chamo ele pois tenho um grande carinho por ele pela forma que ele trata tão bem seus clientes. Os garçons empregados sempre simpáticos dando toda atenção. Moquecas, bolinho de bacalhau, empadas pastel tudo uma delícia não tem igual. A cerveja a mais gelada é incrível. Por isso ele está sempre em primeiro lugar. Parabéns Dr. Mário você merece todo nosso carinho!👏👏👏👏👏👏👏👏🙏😇🔝😍💕❤️

    1. Seu comentário já deixou água na boca! E a massa do pastel, feita por ele? O kg da massa de bolinho de bacalhau? Delícia deliciosa!

      1. Moro em Italva mais sempre q vou em niteroi dou uma passadinha no mariopra comer um bacalhau ,a forma q seu mario trata os cliente cm toda atencao do mundo,as vezes chegava quase na hora dele fechar ele sempre agradavel me atendia , comidas de qualidade o senhor merece toda a homenagem parabens

Comments are closed.

Menu