New here? Register. ×
×

Banco de sangue muda rotina para dar mais segurança a doadores em Niterói

Escrito por Gilson Monteiro às 16:50 do dia 23 de março de 2020
Sobre: Coronavírus
  • Clínica de Hemoterapia
23mar

Clínica de HemoterapiaA Clínica de Hemoterapia que funciona na Rua Almirante Teffé 594, no Centro de Niterói, mudou sua rotina implantando medidas preventivas e um protocolo higiênico para dar mais segurança aos doadores. A doutora Catarina Finkel, diretora médica da instituição, lembra ser preciso manter os estoques dos bancos de sangue, apesar de a pandemia do coronavírus e do isolamento social decretado pelo governo do Estado do Rio de Janeiro.

– A Clínica de Hemoterapia vem operando de forma a manter os doadores confiantes de eu estamos tomando todas as medidas preventivas. A consciência de todos é fundamental, principalmente em momentos como estes que vivemos. Os enfermos, por exemplo, continuam precisando de doações e estamos preparados para receber os doadores da melhor e mais adequada maneira possível – diz a doutora Catarina.

As medidas de segurança tomadas pela Clínica de Hemoterapia, a fim de precaver os doadores, são:

  1. Orientação dos doadores à lavagem das mãos com água e sabão e higienização com álcool em gel;
  2. Distribuição de máscara para os doadores e orientação quanto à sua utilização;
  3. Restrição de aglomeração de pessoas na recepção, tendo as cadeiras bloqueadas com distanciamento adequado de uma para outra.
  4. Higienização constante e a todo momento, dos assentos, corrimão, maçanetas e outros elementos físicos do local.

Como e onde doar

Para doar sangue basta estar em boas condições de saúde e alimentado, ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente.

Importante evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, 12 horas para o caso de bebidas alcoólicas. Se estiver com sintomas de gripe ou resfriado, ou tiver tomado vacina recentemente, não deve doar temporariamente.

A Clínica de Hemoterapia funciona das 07h às 16h30m, na Rua Almirante Teffé 594, no Centro, telefone: 2621-9100. Para maiores informações dos postos de coleta, a população deve consultar o @doacaodesangue, nas mídias sociais.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu