New here? Register. ×
×

Acesso ao túnel aguarda desapropriações

Escrito por Gilson Monteiro às 18:09 do dia 13 de janeiro de 2017
Sobre: Charitas-Cafubá
13jan

A inauguração de fachada do Túnel Charitas-Cafubá, feita por Rodrigo Neves com uma carreata de carros antigos, prova agora que teve objetivos meramente eleitoreiros e de marketing, tanto que somente nesta semana a Procuradoria do município começou a dar entrada em ações de desapropriação com pedidos de imissões de posse imediata de imóveis em áreas de acesso do lado do Cafubá.

Em duas ações distribuídas no dia 9 de janeiro, o município justifica a urgência da imissão provisória na posse dos imóveis utilizando o mesmo argumento: “O objeto da presente desapropriação é estratégico para que se finalize m as obras da Transoceânica. A utilização do Túnel Cafubá-Charitas, não obstante já pronto, depende da abertura de todas as vias de acesso, o que não é possível sem a imissão na posse desse imóvel específico”.

A primeira ação na 9ª Vara Cível é contra Maria Isabel Gomes e Adalberto Cunha Filho, para a desapropriação de imóvel na Avenida Raul de Oliveira Rodrigues 163, com valor avaliado pelo município em R$ 96 mil reais. A segunda distribuída para a 8ª Vara Cível é contra Antônio Luiz Estrela, dono de imóvel com 148 metros quadrados situado na Estrada Francisco da Cruz Nunes, avaliado em R$ 149 mil.

Mais uma vez fica demonstrada a improvisação da obra mal planejada e eleitoreira da Transoceânica, típica de governo petista, com projetos e improvisações feitas a toque de caixa que prejudicam a população e o comércio da Região Oceânica há mais de um ano.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

3 thoughts on “Acesso ao túnel aguarda desapropriações

Comments are closed.

Menu