New here? Register. ×
×

Zona Sul de Niterói vive dia de Rocinha

Escrito por Gilson Monteiro às 18:08 do dia 1 de junho de 2019
Sobre: Reféns do crime
01jun

Charitas viveu uma noite de terror, depois que bandidos atearam fogo em três ônibus em represália a morte de dois comparsas em tiroteio com a polícia. Em meio ao fogo cruzado e ao pânico criado pelo incêndio que atingiu um transformador de energia elétrica e deixou boa parte do bairro sem luz, a Zona Sul niteroiense viveu seu dia de Rocinha, que vira e mexe deixa os cariocas reféns da ação da bandidagem.

Com a construção do túnel Charitas-Cafubá ligando o bairro à Região Oceânica, Charitas ficou parecida, em proporções menores, com a Rocinha, quando está sob tiroteio e impede o acesso de moradores à Barra da Tijuca com o fechamento dos túneis Zuzu Angel e Acústico e estrada Lagoa-Barra.

Há muitos anos, põe anos nisso, esse colunista vem alertando as autoridades sobre o descarregamento de armas pesadas feito por pequenas embarcações na praia de Charitas para abastecer a bandidagem que ocupa o morro do Preventório, sob os olhares dos policiais  da 79ª DP, impotentes e desaparelhados até para combater pequenos furtos de automóveis, quanto mais para enfrentar traficantes de grosso calibre.

Houve um crescimento espantoso é desordenado dos morros de Charitas e de Jurujuba. No primeiro Preventório foi construído um conjunto habitacional do Minha Casa Minha Vida, na beira do asfalto, em frente à estação hidroviária do catamarã.

O domínio do Preventório foi crescendo, de forma rápida e assustadora, com a bandidagem carioca assumindo aos poucos o comando dessa comunidade, aterrorizando e expulsando muitas famílias pacíficas e tradicionais, que não se conformavam em viver num permanente ambiente assustador e de intranquilidade.

Hoje, a criminalidade está no controle de um morro com posição estratégica, perto do poder aquisitivo alto, vista privilegiada, praia perto, condução rápida e na porta, por mar e por terra, nada melhor, tudo ao alcance das mãos e dos olhos.

O que se assiste agora são baitas confusões, causando pavor e pânico não só dos moradores do morros, como dos vizinhos dos muitos prédios da orla de Charitas e daqueles que optaram passar pelo túnel  para sair ou chegar em suas casas na Região Oceânica.

A situação evoluiu a tal ponto que não se combate à violência com meia dúzia de guardinhas, ganhando gratificações para ficar nas esquinas da Moreira Cesar e da Amaral Peixoto, exibindo o marketing da Prefeitura de Niterói, enquanto se deixa as delegacias desaparelhadas, com policiais tendo até que trazer papel higiênico de casa.

Todas as forças tem que se unir, num movimento de repercussão, exigindo maior segurança para a ex-capital fluminense ou continuaremos inertes, assistindo ônibus incendiados, motoristas assaltados e permanecendo horas em engarrafamentos provocados pela falta de policiamento.

Do jeito que deixaram a coisa ficar, só com o apoio do Exército, para mandar essa turma de bandidos para a cadeia. Ou rezando muito para não ser a próxima vítima.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

13 thoughts on “Zona Sul de Niterói vive dia de Rocinha

  1. E os Bombeiros ao lado, nada fizeram!! Ainda pagamos por isso!! A corrupção sempre manda a conta, e a conta chegou!! Viva Cabral e seus comparsas!!

  2. Junte a tudo isso, uma polícia corrupta, e a pergunta que eu sempre faço, de onde vem tanta droga? Se quiser de fato acabar com isso é só ir atrás das indústrias de que produzem éter e acetona que são elementos fundamentais no refino da cocaina. Pra quem essas empresas vendem? Tem muita gente grande atrás disso. Alô ministro Sérgio moro, fica se olho.

  3. Direitos humanos “pros manos” atearem fogo em pais e mães de família, em pessoas que são honestas e honradas, que nunca fizeram mal à uma mosca! E tudo isso pela morte de assassinos declarados?! Vai à merda! O governo atual está prostrado pros cânceres da sociedade! Está inerte e tendo o poder para agir! Bolsonaro é bonzinho demais, mesmo sendo o melhor presidente que já tivemos! Quer resolver tudo na democracia! Nunca tivemos democracia neste país! Sempre fomos alvo dos políticos safados e dos bandidos pelas ruas da cidade e eles se sentirão cada vez mais impunes enquanto não houver verdadeiramente uma mão de ferro à frente! Se tiver que entrar o militarismo que assim seja! Nunca estivemos tão seguros ou evoluímos tanto quanto nação como em meados dos anos 60!!! Brasil acima de tudo e Deus acima de todos!!!!

  4. Triste de ver um fato como esse.
    Por falta de gestão pública, de escola, de segurança, de lazer, de cultura que levam os jovens ao caminho do tráfico e serem o lado fraco da corda… E mais triste de ler uma manchete como essa. “Dia de Rocinha” como se lá fosse um lugar ruim. Elite burguesa é uma comédia.

  5. A quem interessar possa….OS MENINOS QUE FORAM MORTOS, NAO ERAM LIGADOS AO CRIME, NÃO ERAM DO TRÁFICO!!!
    POLÍTICAS DE SEGURANÇA DEVERIAM COMEÇAR COM UM PROJETO SÉRIO DE EDUCAÇÃO.
    PESSOAS TRATADAS COMO BICHO, TRANSFORMAM-SE EM BICHOS!
    VAMOS CUIDAR DA DIGNIDADE HUMANA!!!
    TODA A SOCIEDADE SAIRÁ GANHANDO!
    PAGAMOS UM DOS IMPOSTOS MAIS CAROS DO MUNDO QUE VEM SENDO SISTEMATICAMENTE SURRUPIADOS PIR SUCESSIVOS (DES)GOVERNOS. NÃO HÁ INVESTIMENTO SERIO EM EDUCAÇÃO, SAUDE, SEGURANÇA, MORADIA E ETC….
    COMO DAR CONTA AGORA? MATANDO?
    OS 2 LADOS ESTÃO ERRADOS, MAS OS MENOS FAVORECIDOS SOFREM MAIS….COM CERTEZA!
    QUERIA VER UM DE VCS QUE APOIA O EXTERMINIO, VIVENDO POR 1 DIA SEQUER NUMA “COMUNIDADE”…LUGAR DOMINADO PELO CRIME SIM, MAS ONDE VIVEM EM SUA MAIORIA PESSOAS DE BEM, QUE SUSTENTAM O MERCADO, LAVAM SUAS ROUPAS E SEUS CARROS, FAZEM SUAS COMIDAS, DIRIGEM ÔNIBUS E TÁXIS, CAIXAS E ATENDENTES DE SUPERMERCADO E ETC…..
    Sejamos mais empáticos e menos simplista e egoístas!!

  6. A corrupção mata por Atacado: a saúde,a segurança,a educação(seja pela necessidade de um pé de chinelo ou pela ganância dos Estados(principalmente Brasília ).Mata uma Nação.Aqui no Brasil a Caneta mata mais que bala de revolver e, assim na atual conjuntura temos:Cidadãos de DIREITOS e NÃO CIDADÃOS DIREITOS. Só ha um jeito de mudar isso:A cada dia precisamos observar nossas Atitudes e pararmos de nos levar pelas coisas Erradas que cometemos sem perceber mesmo sendo mínima (famoso jeitinho brasileiro) até o Voto na Urna(pesquisado,questionado pra saber a índole deste ou aquele político).Temos que parar de Paternalismo e assumir nas culpas e responsabilidades pra mudar isso.Do contrário já estamos presenciando o “filme” ou melhor a REALIDADE

  7. A polícia militar e de responsabilidade do Estado e não do município. Se há carência de tudo, é culpa dos sucessivos governos corruptos que o Estado do Rio teve. Anos e anos de corrupção deixando o Estado a bancarrota. A violência está presente há anos e vem crescendo com a impunidade e a teoria de que os “bandidos” são vítimas da sociedade.

    1. Et na Prefeitura nos últimos 40 anos SÓ POLÍTICOS HONESTOS, moral inibadas,
      ESCRÚPULOSOS CIDADÃOS DE BEM

      50% dos FUNCIONÁRIOS são cargos de CONFIANÇA ….
      Concurso só pra barnabes

  8. Niterói é uma cidade favelada. Principalmente por falta de um controle de natalidade aplicada pelos órgãos governamentais. Mas atualmente, com a Tecnologia de Informação acabando com diversos empregos além de tipos de profissões, assim como o táxi tradicional, as bancas de revistas, os funcionários bancários, os caixeiros viajantes, os hotéis e pensões principalmente no interior, e assim vai, tende tudo isso é mais algumas coisas feridas de morte pela TI,. Tudo isso faz com que aumente o desemprego geral no Brasil.
    Portanto, esperemos as coisas piorarem, com certeza…👍👍👍

    1. A relação de causa e efeito usando a T.I é indevida e inapropriada. O progresso provoca naturalmente mudanças e, há milênios, as sociedades se adaptam de forma natural.

  9. Uma noite aterrorizante, de caos, na hora da volta para casa. Chega a ser inacreditável ver a orla tão pacífica da nossa infância e adolescência, pegando fogo literalmente, nas mãos de bandidos e a polícia impotente, mal armada.

  10. … ao longo dos anos deram um monte de direitos pro manos. Houve época que esses protozoários iam pro buraco.
    Danem-se OAB, OEA, ONU, ONG e demais siglas que só criam problemas e fofocas.

Comments are closed.

Menu