New here? Register. ×
×

Waldenir, o Acadêmico do Ano

Escrito por Gilson Monteiro às 16:50 do dia 5 de dezembro de 2017
Sobre: Medicina
05dez

Desde que entrou para a Faculdade de Medicina, formando-se em 1956, já era um líder nato quando assumiu a presidência do Diretório Acadêmico Barros Terra. Waldenir Bragança, depois de indicar tanta gente, foi finalmente e merecidamente escolhido o acadêmico do ano, da Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro.

Em solenidade dia 8/12, às 18h30m, no Núcleo de Estudos em Biomassa da UFF, no campus da Praia Vermelha o médico geriatra vai receber o título. Outros colegas de profissão vão receber a medalha do Mérito Médico, na mesma ocasião.

Waldenir foi um dos fundadores do Conselho Regional de Medicina, com a inscrição número 17, sendo em 1965 eleito presidente do Cremerj. Liderou um movimento em 1968 para a criação da Casa do Médico, conseguindo com o governador Geremias Fontes a doação pelo governo estadual de um terreno na Avenida Roberto Silveira. Convenceu 700 médicos a doarem, cada um, um mil cruzeiros para a construção da sede e da Capela de São Lucas, que pertence ao complexo.

Lutou e conseguiu com outros colegas aprovar uma indicação sua no Conselho Universitário da UFF transferindo o Antonio Pedro, um hospital municipal, para a universidade. Foi professor de Medicina e de Serviço Social da UFF. Seu currículo é extenso. Foi deputado estadual, prefeito de Niterói e ocupou vários cargos públicos. Criou a Universidade da Terceira Idade e até hoje atende idosos em seu consultório geriátrico no Niterói Shopping. Preside também a Academia Fluminense de Letras.

Prestativo e amigo, o maior patrimônio de Waldenir, quando se vê a classe política mergulhada em um lamaçal de corrupção, é ter uma ficha limpa e andar pelas ruas da cidade respeitado e admirado por todos que o conhecem e cumprimentam efusivamente.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

7 thoughts on “Waldenir, o Acadêmico do Ano

  1. Tive a honra de ser o chefe do cerimonial durante todo o seu governo e pude avaliar o quanto os políticos de hoje são diferentes. Simplicidade, honestidade, caráter, honradez e dignidade fazem parte de seu currículo. Parabéns e um fraterno abraço.

  2. Redundante. Redundância. O que escrever de um homem que é público. Aqui sendo redundante, Anda de Cabeça Erguida sendo ainda hoje cumprimentado por muitos, o que analogamente não se encontra reflexo nestes últimos vinte e cinco anos. PARABENS WALDENIR

  3. Sim tenho a alegria de oferecer a Dr Valdemir Bragança uma simbólica medalha de honra ao mérito pelo seu exemplo de cidadão em todos os sentidos.

    1. Medalha merecida. Além de um currículo maravilhoso e uma pessoa muito querida por sua simplicidade que possui um coração bondoso. Parabéns Dr waldenir de Bragança. O Sr.merece todo o nosso respeito e admiração. Um grande abraço.

  4. Merecido!!
    Grande homem, excelente pai de família e um profissional médico exemplar. Parabéns para o senhor e para todos os que tiveram o privilégio de desfrutar de seus conselhos , sua companhia e seu saber.
    Um caloroso abraço

  5. Grande homem. Honrado, caráter ilibado, ilustre médico, membro da Academia Fluminense de Letras, representa uma nata, quase extinta de pessoas de bem, respeitado e cumprimentado por todos. Aí vai um voto de um cidadão, nascido e criado em Niterói. Waldemir nos enche de orgulho e satisfação, numa época de tanta lama, desonestidade, corrupção e falta de caráter nos diversos segmentos da sociedade. Parabéns Waldenir e obrigado por tudo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Menu