New here? Register. ×
×

Um raio-X da carreira de Benedito Neves

Escrito por Gilson Monteiro às 11:12 do dia 31 de maio de 2019
Sobre: Competência e dedicação
31maio

José Benedito Neves, ainda estudante de medicina já se interessava pelas imagens obtidas através dos Raios-X. Era residente em hospitais e sanatórios no período crítico de uma epidemia de tuberculose no Estado do Rio de Janeiro.

Optou pela cirurgia geral e torácica, indo trabalhar com o mestre Gesse Teixeira, no Sanatório Santa Maria, em Jacarepaguá. Depois, atuou nos hospitais Azevedo Lima e Ary Parreiras, no Fonseca, especializados em doenças pulmonares. Mais tarde, no Hospital de Ipanema e na Clínica Emílio Amorim, referência em radiologia, no Rio.

Hoje, aos 85 anos e com todo o seu know how e experiência comprovada, ainda discute o diagnóstico de imagem com o médico solicitante, oferecendo mais segurança para o tratamento do paciente.

Benedito Neves vendeu a clínica que montou no Trade Center, em Icaraí, para o grupo Medlife, que manteve o nome do querido e competente doutor, que em sua mesma sala continua assinando os laudos dos exames.

Ele chegou aos nove anos em Niterói,  vindo de Cachoeiro de Itapemirim, terra de Roberto Carlos, no Espírito Santo. Cursou o Salesiano, Liceu Nilo Peçanha e fez parte da primeira turma de Medicina da UFF federalizada, recebendo o diploma de médico em 1956.

Com o surgimento de quimioterápicos fortes, houve a erradicação da tuberculose, fechando sanatórios e clínicas, por isso, resolveu especializar-se em radiologia, depois de 10 anos de formado.

Passou no concurso para professor da UFF, exercendo o magistério no Hospital Universitário Antônio Pedro, mas desencantando-se com a influência da politicagem na cátedra, pediu demissão.

Montou o Serviço de Radiologia Benedito Neves no Trade Center. Depois, apareceram novas tecnologias, exames mais sofisticados, como ultrassonografia, densitometria, mamografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética nuclear e outros tantos.

Benedito diz que antes os médicos corriam mais riscos de contaminação pela constante exposição de irradiação. Hoje, os aparelhos são mais aperfeiçoados e os médicos mais cautelosos, diminuindo a incidência de contaminação.

A imagem de competência, humildade, correção e dedicação do Dr. Benedito, a carreira de Hipócrates, engrandece a medicina fluminense.

Leia também:

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|

7 thoughts on “Um raio-X da carreira de Benedito Neves

  1. Agradeço, imensamente, a todos. Em especial, ao querido amigo Gilson, um profissional de longa e admirável trajetória na imprensa. Sinto-me muito orgulhoso por ser tema deste artigo. E agradeço a todos pelas mensagens deixadas. Minha carreira foi marcada pelo saudável equilíbrio entre a ética e a coragem audaciosa de me entregar por tantos anos à Medicina. Tenho absoluta certeza de que essa jornada saudável somente foi possível em razão dos bons aprendizados que recebi dos meus pais, minha querida mãe, Edith e meu saudoso pai, Nilo Neves, outro personagem que merece estar em nossas memórias. Seus ensinamentos foram o caminho seguro para uma vida profissional que privilegiou os valores éticos, o respeito ao doente e a decisão consciente. Eis, aqui, nesses três pilares, a beleza da Medicina. Devo muito também à minha família, esposa e filhos. Bem como aos meus caros amigos.

    Gratidão. José Benedito Neves

  2. Gostaria de deixar registrado a minha gratidão ao colega José Benedito Neves que com sua competência,valores éticos e morais,médico brilhante, tanto me ensinou nos meus quase 50 anos de vida médica .
    Que Deus o abençoe sempre.

  3. Ele deixou um legado. Quando ninguém falava de atendimento com foco centrado nos indivíduos, ele criou uma clínica familar orientada para o paciente, sem nunca abrir mão das suas convicções. Que o legado permaneça na memória da cidade.

  4. Além de um grande profissional é uma pessoa ímpar, que enobrece a classe médica e sabe fazer amigos.

Comments are closed.

Menu