New here? Register. ×
×

Ladrões agem sem temer a intervenção

Escrito por Gilson Monteiro às 10:37 do dia 7 de março de 2018
Sobre: Livres para roubar
07mar

Bandidos continuam agindo em Niterói e São Gonçalo, apesar da política de intervenção na Secretaria de Segurança do Estado do Rio. Roubos de carros e a pedestres acontecem a qualquer hora. A ação da polícia ainda tem sido insuficiente para conter a criminalidade, mas no início da manhã desta quarta-feira (07/03), PMs do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV) evitaram um arrastão na RJ-104, na altura do bairro Novo México, em São Gonçalo. Houve troca de tiros, um suspeito foi baleado e morreu no local (foto).

Bandidos em dois carros tentaram fechar a RJ-104, que liga Itaboraí a Niterói, por volta das 6h, mas foram surpreendidos pelos policiais militares que notaram a ação do bando. Em nota, a PM informou que, além do suspeito morto, pelo menos outros dois bandidos suspeitos estavam envolvidos no arrastão. No carro onde estava o baleado foi apreendida uma arma falsa.

Em Icaraí, segundo relatos postados em redes sociais, ladrões ocupando dois carros e armados com um fuzil assaltaram pedestres na madrugada de hoje na Rua Álvares de Azevedo e na esquina de Lopes Trovão com Avenida Roberto Silveira. 

No começo da manhã, o JAC J3 TURIN, placa EWS-1302, foi encontrado abandonado na Rua Cacilda Ouro, no Engenho do Mato. Segundo moradores, o veículo teria sido usado em um arrastão. Ainda na Região Oceânica de Niterói, uma mulher foi assaltada por três adolescentes que estavam em um carro branco e a obrigaram a entregar o Toyota SW4 2017, placa PPV-6803. O assalto foi por volta das 16h de terça-feira, na praça do Toboágua, em Piratininga, a poucos metros do DPO da PM, na entrada de Camboinhas.

Sharing is caring

Gilson Monteiro
Gilson Monteiro
Iniciou em A Tribuna, dirigiu a sucursal dos Diários Associados no Estado do Rio, atuou no jornal e na rádio Fluminense; e durante 22 anos assinou uma coluna no Globo Niterói. Segue seu trabalho agora na Coluna Niterói de Verdade, contando com a colaboração de um grupo de profissionais de imprensa que amam e defendem a cidade em que vivem.
|
Menu